quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

BAIANÃO 2017 / FLU de FEIRA 1 x 0 CONQUISTA


Vaquejada ? Touro derruba o Bode e assume a vice liderança no Baianão 2017

O Fluminense de Feira segue bem no Campeonato Baiano 2017. Jogando esta noite no Estádio Joia da Princesa o Touro do Sertão venceu o Vitória da Conquista por 1 x 0 e manteve a vice-liderança do estadual com nove pontos perdendo para o Vitória no saldo de gols.

O jogo começou equilibrado: o Fluminense tentando se impor no gramado, mas o Vitória da Conquista mesmo jogando fora de casa buscou envolver o tricolor feirense no toque de bola. O Fluminense chegou em duas oportunidades com perigo em duas cabeçadas de Janeudo, que foi o atacante que mais se movimentou bastante nos primeiros 20 minutos de jogo.

O jogo ficou muito disputado no meio-campo, sem que nenhuma das equipes impusesse domínio sobre a outra, mas a marcação prevaleceu e o placar em 0 x 0 foi justo pelo que os times fizeram na primeira etapa, Mesmo sem ter feito gols, o tricolor feirense saiu de campo aplaudido pelo que fez.

Veio o segundo tempo e a partida ficou mais corrida com os ataques sendo mais acionados, já que as equipes avançaram mais as marcações. O Bode teve uma boa oportunidade com Todinho, que recebeu uma bola bem trabalhada no meio-campo e cara com Jair perdeu o gol. O Fluminense respondeu com uma cabeçada do zagueiro Igor que foi no travessão. A partida seguia equilibrada, quando aos 35 minutos, Luiz Paulo tirou o grito preso de gol na garganta do torcedor: um cruzamento na área conquistense, o zagueiro Igor escorou de cabeça e o atacante chegou completando para o gol. O tricolor feirense administrou o placar e assim chegou a sua terceira vitória consecutiva no Campeonato Baiano marcando nove pontos mantendo a vice-liderança da competição. O Fluminense volta a campo no próximo domingo (19) contra o Flamengo de Guanambi, no Estádio Dois de Julho em Guanambi. 

Cristiano Alves - Ascom Fluminense

Fotos por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte


Trio de Arbitragem : Flu de Feira 1 x 0 Conquista

Arbitragem : Gleidson Santos

Assistentes : José Amador e Cláudio Aragão


O jogo começou bem disputado


Olho no lance


O Conquista perde um gol inacreditável FC


Quem não faz leva ! Gol do Flu de Feira do atacante Luis Paulo


Torcida saiu fazendo a festa no Joia da Princesa

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

domingo, 12 de fevereiro de 2017

BAIANÃO 2017 / FLU de FEIRA 2 x 0 JACUIPENSE


Flu de Feira vence a Jacuipense e assume vice liderança

O Fluminense de Feira venceu o seu segundo compromisso pelo campeonato baiano, jogando neste domingo (12) no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana.

O touro venceu o jogo contra o sport Jacuipense por 2x0. Com um gol de Janeldo aos 10 minutos do primeiro tempo e a cobrança de pênalti de Alessandro Azevedo aos 37 minutos do segundo tempo.

Ficha Técnica

Fluminense de Feira : Jair, Edson, Igor, Eduardo, Guto, Deca, Jorge Wagner, Rogério, João Neto, Fernando e Janeudo.

Jacuipense : Nunes, Paulinho, Betão, Matheus, Felipe, Marquinhos, Miller, Thiago,  George, Carlinhos e Levi.

O jogo contou com um público pagante de 3.200 torcedores e a renda foi de R$ 64.080,00.

O próximo jogo do Fluminense será na quarta-feira (15) às 20h30, contra o Vitória da Conquista.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Flu de Feira 2 x 0 Jacuipense


Flu de Feira em ação


Jair faz boas defesas


Parabéns a Torcida Falange Tricolor e seus 17 anos


Azevedo faz um gol de pênalti


Muitas chances perdiadas


Flu de Feira agora enfrenta o Conquista no Joia da Princesa na próxima quarta-feira as 20:30h

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

BAIANÃO 2017 / BAHIA de FEIRA 2 x 1 ATLÂNTICO


Tremendão vence o Atlântico no Joia da Princesa

Na tarde deste domingo (5) no estádio Joia da Princesa, o Bahia de Feira recebeu a equipe do Atlântico pela segunda rodada do Campeonato Baiano de 2017. Na estreia dos treinadores Quintino Barbosa e Roberto Gaúcho, brilhou a estrela do comandante da equipe feirense. A vitória do Bahia de Feira diante do Atlântico por 2 a 1, colocou a equipe feirense na quarta colocação, com três pontos somados e o saldo de gols zerado.

Logo no início do jogo, o Tremendão demonstrou que a presença do novo comandante técnico fez a diferença. Aos dois minutos de partida o Bahia de Feira teve a primeira oportunidade de abrir o marcador com o atacante Dio, porém o lance foi invalidado pelo auxiliar Claudio Oliveira.

Na segunda tentativa, porém, o ataque do Tremendão não desperdiçou. Aos cinco minutos, em uma triangulação perfeita do setor de meio campo a bola sobrou para o jogador Eudair que fnalizou com tranquilidade para vencer o arqueiro Gustavo.

Depois da marcação do gol o time do técnico Quintino Barbosa se acomodou no jogo, e o time da capital conseguiu equilibrar a partida tendo algumas chances de empatar a partida ainda na primeira etapa.

Aos 40 minutos, em uma dividida de bola o jogador Waldiran da equipe do Atlântico acabou se machucando e deixando o campo de jogo para a entrada do atacante Jailson. Ainda nos acréscimos o Tubarão teve uma boa chance de conseguir o empate, depois de um cruzamento do meia Rogerio Rios a bola encontrou o atacante Jailson, que tocou de cabeça, mas bola foi para a linha de fundo. 

Segundo Tempo

Na volta para o segundo tempo, as duas equipes voltaram com modificações, na equipe do Bahia de Feira saiu o lateral esquerdo Rafinha para a entrada do meia-atacante Ivanildo. Do lado do Atlântico saiu o volante Ramon Barbosa para a entrada do meia Antônio Carlos.

Mais uma vez brilhou a estrela do treinador do Bahia de Feira, Quintino Barbosa, com a entrada do atacante Ivanildo, o meia Dio passou para a lateral esquerda, liberando o meia Ivanildo para trabalhar as jogadas de ligação. E foi dessa forma que o Tremendão chegou ao seu segundo gol, aos cinco minutos após uma jogada rápida do setor de meio campo a bola sobrou para o lateral direito Maicon, que cruzou com capricho colocando a bola na cabeça do atacante Marcley, que não desperdiçou e mandou para o fundo da meta do goleiro Gustavo.

O Tubarão poderia ter diminuído o marcador se o atacante Junior e o meia Miro Bahia não tivessem desperdiçado uma grande oportunidade mesmo com o gol escancarado. No contra-ataque o Tremendão também poderia ter marcado o terceiro gol, mas o jogador Ivanildo não aproveitou um bom passe do atacante Igor.

Como diz o ditado popular “quem não faz, leva”.  O Bahia de Feira abusou de perder gol, e o castigo veio em uma jogada rápida do meia Miro Bahia, que realizou um passe na medida certa para o atacante Hugo, que invadiu a área, cortou a zaga do Bahia de Feira e chutou forte sem chance para o goleiro Rude.

Diferente do futebol apresentado na primeira etapa o Bahia de Feira caiu muito de rendimento e levou um tremendo sufoco para sustentar a vitória por 2 a 1 e viu a equipe da capital mandar na partida tentando com valentia o seu gol de empate.


O Bahia de Feira volta a campo na próxima quarta-feira (8) quando enfrenta o Bahia, no estádio Metropolitano de Pituaçu, ás 18h30. Já o Atlântico tem partida marcada para o dia 11 deste mês, contra o Jacobina, no estádio de Pituaçu.

Fotos por Marcelo Oliveira / Fonte : Jornal Folha do Estado


Trio de Arbitragem : Bahia de Feira 2 x 1 Atlântico

Arbitragem : Edvalter Marinho

Assistentes : Carlos Vidal e Claudio Aragão


Bahia de Feira sai na frente do placar


Um público muito pequeno no joia


Atlântico marca um gol


Roberto Gaúcho estréia com derrota


Quintino Barbosa estréia com vitória no seu retorno ao Bahia de Feira

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

domingo, 5 de fevereiro de 2017

COPA NORDESTE 2017 / BAHIA 2 x 0 MOTO CLUBE


Bahia vence o Moto Clube pela Copa do Nordeste 2017

Após empatar com o Fortaleza na estreia, o Bahia venceu sua primeira partida na Copa do Nordeste. Na noite deste sábado (4), em Pituaçu, o Tricolor foi absoluto e derrotou o Moto Club por 2 a 0.

Régis, de falta, e Hernane, de pênalti marcaram os gols do time baiano, que não levou sustos e controlou todo o jogo.

Com o resultado, o Esquadrão foi aos quatro pontos ganhos e assumiu a liderança isolada do Grupo B. Pela competição, os comandados de Guto Ferreira voltam a campo no dia 12 de fevereiro, diante do Altos, no Piauí. Mas, antes, o Bahia enfrenta o Bahia de Feira, na próxima quarta-feira (8), pelo Baianão.

O JOGO

Superior em todo o primeiro tempo, o Bahia não teve dificuldades e chegou com muita facilidade à área do Moto Club. Aos 22 minutos, o Tricolor teve uma chance clara de marcar.

Renê Junior fez belo passe para Allione. O argentino entrou na área só, mas chutou fraco e facilitou a defesa do goleiro.

Um minuto depois, Armero achou Zé Rafael na entrada da área, o meia arriscou o chute e a bola passou muito perto do gol.

Aos 25, o Esquadrão não desperdiçou. Em cobrança de falta na meia lua, Régis acertou o ângulo de Ruan para abrir o placar.

Aos 36, o Bahia quase aumentou em um belo lance. Após cobrança de escanteio de Régis, Jackson desviou e Tiago pegou de primeira. Ruan fez a defesa.

O time baiano ainda teve mais uma chance aos 42. Da entrada da área, Zé Rafael chutou colocado e Ruan fez bela defesa para evitar o segundo.

No segundo tempo, o panorama foi o mesmo. O Bahia foi absoluto e teve diversas chances de marcar.

O segundo gol, porém, só saiu aos 28 minutos. Hernane foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o próprio brocado marcou seu primeiro gol em 2017.

Nos minutos finais da partida, o Bahia apenas controlou e, sem sustos, garantiu seu primeiro triunfo na Copa do Nordeste.

Ficha Técnica

Bahia 2 x 0 Moto Club

Copa do Nordeste - 2ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador (BA)

Data/Horário: 04/02/2017, às 19h30 

Árbitro : Eduardo de Santana Nunes (SE)

 Assistentes : Vaneide Vieira de Gois e Rodrigo Guimarães Pereira (SE)

Cartões amarelos : Felipe Dias, Ozeia, Esdras, Elton (MOT); Renê Junior (BAH)

Gols : Régis, Hernane (BAH)
  
Bahia : Jean; Eduardo, Tiago, Jackson e Armero; Edson, Renê Júnior e Régis (Diego Rosa); Zé Rafael (Kaynan), Allione (Renato Cajá) e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.

Moto Club : Ruan; Dieguinho, Wanderson, Ozeia e Chico Bala; Felipe Dias, Diego Teles (Tote), Curuca (Helton) e Valdanes; Tony Galego e Cléber Pereira (Esdras). Técnico: Ruy Scarpino.

Fotos por Marcelo Oliveira / Fonte : Galaticos Online


Trio de Arbitragem : Bahia 2 x 0 Moto Clube

Árbitro : Eduardo de Santana Nunes (SE)

 Assistentes : Vaneide Vieira de Gois e Rodrigo Guimarães Pereira (SE)


Jean não teve muito trabalho


Um golaço de falta cobrado por Regis do Bahia


Bahia perdeu muitos gols


Hernane marca gol de pênalti


Um Bahia renovado ?

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte



BAIANÃO 2017 / GALÍCIA 1 x 4 FLU de FEIRA


Show ! Flu de Feira aplica goleada história no Galícia

De todos os times do Campeonato Baiano 2017, quem teve a melhor estreia foi o Fluminense. Jogando esta tarde no Estádio Metropolitano de Pituaçu, o tricolor feirense não tomou conhecimento do Galícia e aplicou uma goleada de 4 x 1, com gols de Jorge Wagner, Janeudo, Fernando Sobral e Luiz Paulo, enquanto Alemão fez o gol galiciano. 

Desde os primeiros minutos o Fluminense mostrou melhor futebol dominando as ações principalmente no meio-campo e criando inúmeras oportunidades de gols, mas esbarrava na falta de sorte dos atacantes para concluir as jogadas . Até que no fim do primeiro tempo, quando parecia que o placar do primeiro tempo iria terminar em 0 a 0, aos 48 minutos o Flu de Feira teve uma penalidade ao seu favor. Na cobrança, o experiente Jorge Wagner finalizou com categoria e abriu o marcador para o Touro do Sertão, assinando o seu primeiro gol com a camisa do tricolor feirense em partidas oficiais.

SEGUNDO TEMPO

Na volta para o segundo tempo, o técnico Arnaldo Lira optou por manter a mesma equipe da primeira etapa. Só que foi o Galícia que surpreendeu marcando o gol do empate através do atacante Alemão.

O gol sofrido no início do segundo tempo não abalou o Flu de Feira, que contando com a experiência de Jorge Wagner, Fernando Sobral e Janeudo o time feirense voltou a dominar as ações do jogo. Não demorou para o tricolor do Sertão ampliar o marcador, depois de uma boa trama do setor de meio campo, a bola sobrou para o atacante Janeudo que bateu forte para marcar seu primeiro gol na competição e o segundo Flu de Feira no jogo.

Bem melhor em campo, o Touro do Sertão ainda teve mais três boas oportunidades para marcar, mas, pecava na finalização. Notando a falta de pontaria dos homens de frente, o treinador Arnaldo Lira tirou o jogador João Neto e colocou o atacante Luís Paulo.

E brilhou a estrela do atacante, que entrou bem no jogo e deu um excelente passe para o meia Fernando Sobral, que acertou um lindo chute de fora da área marcando um golaço em Pituaçu, ampliando o placar para a equipe feirense.

Se o placar estava de bom tamanho, melhorou quando aos 39 minutos do segundo tempo, em um lance rápido o goleiro Edgar Junior derrubou o atacante Luís Paulo na grande área: penalidade máxima a favor do Touro. O goleiro Edgar Junior foi expulso, pois já tinha cartão amarelo e como o técnico Sérgio Odilon já havia feito todas as três substituições, o jogador Xodó teve que ir para a meta do Galícia. Na cobrança Luís Paulo fez o quarto do Flu de Feira.

Com o triunfo diante do Granadeiro, o Flu de Feira assumiu a terceira colocação do Baianão, com três pontos e um saldo de três gols positivos, e um jogo a menos. O Galícia caiu da sétima para a décima colocação, com um ponto conquistado. O Flu de Feira volta a campo no próximo domingo (12) quando enfrenta, em casa, a equipe do Jacuipense, ás 16 horas, no estádio Joia da Princesa. Já o Galícia tem partida marcada para o dia 11 deste mês, contra o Vitória da Conquista, no estádio de Pituaçu.

Fotos por Marcelo Oliveira / Cristiano Alves - Ascom Fluminense



Trio de Arbitragem : Galícia 1 x 4 Flu de Feira

Arbitragem : Bruno Pereira

Assistentes : Claudio Santos e Luanderson Lima


Jair fechando o gol do Flu de Feira


Galícia empata o jogo com uma bela jogada


Flu de Feira fecha o placar de pênalti e aplicando uma goleada sobre o Galícia

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

domingo, 29 de janeiro de 2017

BAIANÃO 2017 / BAHIA 2 x 0 JACOBINA


Bahia vence o Jacobina na estréia do Baianão 2017

O Bahia conquistou o seu primeiro triunfo na temporada, na noite deste domingo (29), em Pituaçu, na estreia pelo Baianão. O Tricolor venceu o Jacobina por 2 a 0, com gols de Zé Rafael e Juninho. O técnico Guto Ferreira optou por poupar alguns jogadores, como o meia Régis, o zagueiro Tiago e o lateral Armero. Juninho e Hernane, que são titulares, começaram no banco e entraram no decorrer da partida. 

O Esquadrão encara o Jacuipense na próxima quarta-feira (01), às 20h45 (horário local), em Riachão do Jacuípe, pela segunda rodada do estadual. No mesmo dia, o Jacobina enfrenta a Juzaeirense, às 20h15, em seus domínios. 

O JOGO

Aos 10 minutos, Eduardo cruza na área, Zé Rafael tenta o domínio e a bola sobra pra Renato Cajá, que chuta em cima da defesa. 

Amarelou! Matheus Sales chega atrasado, aplica carrinho para cima do Jacobina e recebe advertência. 

Gol do Bahia! Edson faz bela jogada após roubar a bola no meio campo e encontra Zé Rafael em ótimas condições. O jogador avança e bate cruzado, sem chances para o goleiro Tiago Chitão. 

Quase! Gustavo recebe bom cruzamento da direita e sobe mais que a defesa. A bola passa perto. 

Aos 29 minutos, Renato Cajá recebe passe de Zé Rafael e tenta finalização da entrada da área, mas a bola desvia na zaga e sai pela linha de fundo. 

Em seguida, Matheus Sales para Caíque com falta. Jogadores do Jacobina chegam a pedir o segundo amarelo, mas o árbitro apenas marca falta. 

Diego Rosa cobra falta, Edson cabeceia com muito perigo. Aos 31.

Prevendo uma possível expulsão, Guto Ferreira decidiu mexer na equipe. Saiu Matheus Salles, entrou Juninho. 

Quase frango! Marconi chuta de longe e Jeanzinho por muito pouco não deixa a bola entrar. 

Jogo fraco tecnicamente, mas o Tricolor seguia melhor. Aos 43, Eder cabeceia após cobrança de escanteio e Chitão faz grande defesa. 

Errou o juiz! Aos 44, Edson completa finalização de Cajá, mas arbitragem assinala impedimento. A posição do volante era legal. 

Início de segundo tempo e com menos de um minuto de jogo, cartão amarelo para o zagueiro Jefferson, do Jacobina, por aplicar carrinho em Zé Rafael. 

Amarelou de novo! Eduardo é driblado por Caíque e acerta chute no jogador. Principio de confusão no gramado. 

Quase olímpico! Aos 22, Juninho cobra escanteio com veneno e quase marca um golaço. Tiago Chitão consegue espalmar. 

Gol do Bahia! Juninho cobra falta com categoria e amplia para o Esquadrão. Festa em Pituaçu!

Errou de novo! Aos 38, o árbitro assinala impedimento de Hernane em lançamento de Juninho. A jogada era legal...

Aos 41, Cajá sente dores musculares e deixa o gramado. Bahia fica com um a menos em campo, por já ter utilizado as três substituições. 

Ficha Técnica

Bahia x Jacobina

Campeonato Baiano 2017

Local :  Estádio Metropolitano de Pituaçu

Data/Horário : 29/01/2017, às 18h30 (horário da Bahia)

Cartões amarelos : Matheus Sales, Eduardo (BAH); Jefferson, Allyson, Madisson, Vitinho (JAC)

Gols : Zé Rafael e Juninho (BAH)

Bahia : Jean; Eduardo, Lucas Fonseca, Eder e Matheus Reis (Juninho Capixaba); Matheus Sales (Juninho), Edson e Renato Cajá; Zé Rafael, Diego Rosa e Gustavo (Hernane). Técnico: Guto Ferreira.

Jacobina : Tiago Chitão; Ademir, Jefferson, Allysone e Caíque; Marcelo Silva, Marconi, Naldo (Madisson) e Vitinho; Marcinho (Marcelo Pano) e Peixoto (Dadai). Técnico: Ricardo Silva.

Fotos por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte


Trio de Arbitragem : Bahia 2 x 0 Jacobina

Árbitro : Gleidson Santos Oliveira (BA) 

Assistentes : Jucimar dos Santos Dias (BA) e Carlos Eduardo Bregalda Gussen (BA)


Na preliminar : Atlântico 2 x 2 Jacuipense

Arbitragem : Irinaldo Jorge e Assistentes : José Amador e Patricia Reis

Confiram os Resultados da 1ª Rodada

Em Juazeiro, o Rubro-Negro visitou a Juazeirense e venceu por 2 a 1. Kieza marcou duas vezes e Danillo Bala descontou para o Cancão de Fogo. 

No Lomanto Júnior, o Conquista derrotou o Bahia de Feira por 1 a 0. Em Pituaçu, Atlântico e Jacuipense ficaram no 2 a 2, enquanto Flamengo de Guanambi e Galícia empataram em 1 a 1.

Bahia 2 x 0 Jacobina fechou a rodada de abertura


Zé Rafael marca seu primeiro gol com a camisa do Bahia


Bahia marca um gol, mas arbitragem anula


Juninho marca um golaço de falta


Poucos torcedores em Pituaçu

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

COPA NORDESTE 2017 / VITÓRIA 3 x 1 SERGIPE


Vitória vence o Sergipe na estréia da Copa Nordeste 2017

Ainda não foi o futebol que a torcida espera ver em 2017, mas foi o suficiente para garantir os três pontos. No Barradão, na noite desta quinta-feira (26), o Vitória venceu o Sergipe por 3 a 1, na estreia da Copa do Nordeste.

David, nome do jogo, Gabriel Xavier e Kieza marcaram os gols do triunfo. Hiago descontou para o time sergipano.

Com o resultado, o Rubro-Negro largou na liderança do Grupo E. O Leão agora volta a campo pela competição no dia 5 de fevereiro, diante do Botafogo, fora de casa.

Antes, os comandados de Argel Fucks estreiam no Baianão 2017, no próximo domingo (29), contra a Juazeirense, em Juazeiro.

O JOGO

O Vitória começou a partida com dificuldades, mas teve as primeiras boas chances do jogo. Aos 24 minutos, David recebeu livre na área, mas errou a conclusão e facilitou a defesa do goleiro.

Já aos 31, o atacante não desperdiçou.  Após belo passe de Uillian Correia, David chutou no canto de Ferreira para abrir o placar.

Mas, não deu tempo de comemorar. Três minutos depois, após cobrança de falta ensaiada, Wallace Pernambucano recebeu na área, chutou fraquinho, mas Fernando Miguel falhou e rebateu para a frente. No rebote, a defesa vacilou e deixou Hiago mandar para as redes e empatar.

Aos 41, o Rubro-Negro buscou novamente a frente do marcador. Norberto cruzou bola na área e o baixinho Gabriel Xavier venceu a zaga e desviou de cabeça para fazer o segundo.

No último lance do primeiro tempo, o time baiano ainda chegou perto de aumentar. Após bola levantada na área, Kieza subiu bem de cabeça, fez o desvio, mas Ferreira fez grande defesa para evitar.

No segundo tempo, Argel fez a primeira mudança. Tirou Pisculichi e colocou Paulinho em campo.

Mas, quem marcou foi Kieza. Aos 21, David fez boa jogada pela direita, lançou K-9 na área e o atacante, com calma, chutou colocado no canto para fazer o terceiro.

Ficha Técnica

Vitória 3 x 1 Sergipe

Copa do Nordeste - 1ª rodada

Local : Barradão, em Salvador (BA)

Data/Horário : 26/01/2016, às 19h

Arbitragem : Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL) 

Assistido por Rondinelle dos Santos Tavares (AL) e Wagner Jose da Silva (AL)

Cartões amarelos: Uillian Correia, Geferson (VIT)

Gols : David, Gabriel Xavier, Kieza (VIT); Hiago (SER)

Renda : R$ 101.252,00 / Público : 8.006 pagantes

Vitória : Fernando Miguel; Norberto (Salino), Fred, Alan Costa e Geferson; Willian Farias, Uillian Correia, Pisculichi (Paulinho) e Gabriel Xavier (Euller); David e Kieza. Técnico: Argel Fucks.

Sergipe : Ferreira; Sorriso, Jonas, Jairo e Vicente; Gil Baiano, Ramalho, Wallace Pernambucano (Alexandre), Lelê (Gabriel Cajano) e Davi Ceará (Fabiano); Hiago. Técnico: Betinho.

Fotos por Marcelo Oliveira / Fonte : Galáticos On Line


Trio de Arbitragem : Vitória 3 x 1 Sergipe

Arbitragem : Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL) 

Assistido por Rondinelle dos Santos Tavares (AL) e Wagner Jose da Silva (AL)


David marca gol e abre o placar


Gol do Sergipe de empate


Gabriel Xavier marca seu primeiro gol com a camisa do leão


Kieza marca gol e desencanta


A Nova Bola da Copa do Nordeste 2017

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

BRASILEIRÃO 2016 A / VITÓRIA 1 x 2 PALMEIRAS


Vitória perde para o Palmeiras, mas permanece na elite em 2017

O Vitória precisava de apenas um empate para não depender de ninguém e assegurar sua vaga na elite do futebol nacional.

O resultado, apesar da derrota, foi vaiado por uns, aplaudido por outros da torcida, e muito comemorado por todo o elenco no gramado, encaminhou a permanência do time baiano na Série A do Brasileirão. Com 45 pontos, o Leão fica na 16ª colocação e escapa do temido rebaixamento.

O JOGO

O Palmeiras começou melhor a partida e pressionou o Vitória nos primeiros minutos. Logo aos sete, Leandro Pereira fez jogada individual pela esquerda, limpou a marcação de três jogadores e encheu o pé no canto direito de Fernando Miguel. A bola explodiu na trave.

Cinco minutos depois, falta para o Vitória pela direita, na intermediária. Chance na bola parada. Sempre ele! Na cobrança da falta, Marinho enche o pé esquerdo, a bola quica no meio do caminho e trai o goleiro Jailson. O Vitória abre o placar no Barradão!

Não durou muito a alegria Rubro-Negra, três minutos depois, Fabricio ganha a bola no meio-campo e arma o contra-ataque. O Vitória fica reclamando de falta. No lançamento para Erik, o atacante perde a bola, e Gabriel pega a sobra para encher o pé. O Palmeiras empata em Salvador.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, após bela jogada feita por Fabricio na esquerda, o lateral arrisca chute da entrada da área, e a bola desvia na zaga do Vitória. Na sobra, Alecsandro enche o pé de primeira e vira para o Verdão. Ex-jogador do Vitória, Alecsandro não festeja o gol, mas é abraçado pelos companheiros de time.

No segundo tempo, foi o Vitória quem começou melhor e assustando. Aos vinte e dois minutos, Marinho mandou no travessão de Jailson em cobrança de falta.

O Vitória finalmente garantiu sua vaga para à elite do futebol nacional. Com o resultado, o Internacional, com 43 pontos, ficou na 17ª colocação, sendo, pela primeira vez na sua história, rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro.

Ficha Técnica / Vitória 1x2 Palmeiras

Série A do Brasileirão - 38ª rodada

Local : Barradão

Data e horário : 11/12/2016 às 16h (horário da Bahia)

Cartões amarelos : Zé Eduardo (VIT), Thiago Santos (PAL), Fabrício (PAL), Matheus Sales (PAL), Jailson (PAL), Cleiton Xavier (PAL).

Gols : Marinho (VIT), Gabriel (PAL), Alecsandro (PAL), 

Vitória : Fernando Miguel; Diego Renan, Ramon, Kanu e Euller; Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho, David e Zé Love. Técnico: Argel Fucks:

Palmeiras : Jailson; Gabriel (João Pedro), Mina, Thiago Martins e Fabricio; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier; Erik, Leandro Pereira e Alecsandro. Técnico: Cuca.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Vitória 1 x 2 Palmeiras

Árbitro : Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Assistentes : Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Hélcio Araújo Neves (PA)


Homenagem do Vitória as vitimas da tragédia na Colômbia


Torcida coloriu o Barradão


Toque da Corneta Nacional


Torcida faz homenagem ao mortos na tragédia 


Marinho marca gol e faz homenagem a Mário Sérgio


Palmeiras empata o jogo com Gabriel


Palmeiras com time reserva vence o Leão


Chute de Marinho leva perigo


Palmeiras faz a festa em Salvador no Barradão

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte