quinta-feira, 25 de maio de 2017

COPA NORDESTE 2017 / BAHIA 1 x 0 SPORT / FINAL


É Tri ! Bahia vence o Sport e conquista Copa do Nordeste 2017

Diante de mais de 40 mil pessoas, na Arena Fonte Nova, o Bahia voltou a soltar o grito de “é campeão” na Copa do Nordeste. Quinze anos após o último título na competição, o Tricolor faturou o tricampeonato ao vencer o Sport por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (24).

O gol do título foi marcado por Edigar Junio, ainda no primeiro tempo. Com a conquista, além da premiação em dinheiro, o Esquadrão também garantiu vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2018.

O JOGO

Superior em todo o primeiro tempo, o Bahia assustou logo aos quatro minutos. Edigar Junio fez jogada individual pela direita e levantou na área. Régis desviou de cabeça e a bola passou perto do gol.

Aos 12, o atacante apareceu mais uma vez e, desta vez, brilhou. Após bom lançamento de Armero, Edigar Junio girou bonito sobre Durval e, com um toque de esquerda, fez um golaço por cobertura para levar a Fonte Nova à loucura.

Abatido em campo, o Sport tentou reagir aos 13 minutos. Rogério aproveitou bola na intermediária, arriscou de longe e assustou Jean, que viu a bola passar perto do gol.

Porém, o Tricolor continuou melhor em campo e quase fez o segundo aos 18. Régis recebeu passe na área, chutou forte e acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 30, Edigar Junio incomodou mais uma vez. Após cruzamento de Allione, o atacante desviou de cabeça e acertou a trave.

Um minuto depois, o que já estava ruim ficou pior para o Rubro-Negro. Rogério simulou pênalti na área, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

Com um homem a menos, o time pernambucano se fechou para não levar mais gols na etapa inicial.

O Bahia voltou para o segundo tempo no mesmo ritmo q até balançou as redes aos dois minutos. Armero chutou cruzado da área e Edigar Junio, caído no gramado desviou de cabeça para o gol. Mas, em posição de impedimento, o jogador teve o gol acertadamente anulado. 

Aos dez minutos, o Sport foi de vez para cima e cedeu contra-ataque ao Tricolor. Régis invadiu a área, sozinho, e chutou de direita. Magrão conseguiu desviar e evitar o segundo. 

Três minutos depois, Eduardo fez grande jogada pela direita e rolou para Edigar Junio desviar. Magrão fez grande defesa e, no rebote, Marquinhos afastou de cima da linha.

Aos 25 minutos, o Bahia chegou com perigo novamente. Allione recebeu na área, tentou colocado e Matheus Ferraz também salvou em cima da linha.

Aos 33 minutos, o Bahia perdeu a chance de matar o jogo. Em contra-ataque, Zé Rafael deixou Allione livre, mas o meia desperdiçou e chutou para fora.

Os minutos finais foram emocionantes, com as duas equipes chegando perto de marcar. Mas, o 1 a 0 deu o título ao time baiano.

Ficha Técnica

Bahia 1 x 0 Sport

Copa do Nordeste - Final (Volta)

Local : Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário : 24/05/2017, às 21h45

Cartões amarelos : Régis, Edson, Renê Junior, Allione, Tiago, Matheus Sales (BAH); Ronaldo, Rogério, Leandro, Marquinhos (SPO)

Cartões vermelhos : Rogério (SPO)

Gols : Edigar Junio (BAH)

Bahia : Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Edson, Renê Júnior (Juninho) e Régis (Matheus Sales); Allione, Zé Rafael (Gustavo) e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Sport : Magrão; Matheus Ferraz, Henriquez e Durval; Raul Prata (Marquinhos), Ronaldo (Leandro), Fabrício (Everton Felipe), Diego Souza e Mena; André e Rogério. Técnico: Ney Franco.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 1 x 0 Sport

Árbitro : Francisco Carlos do Nascimento (AL)

 Assistentes : Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Rondinelle dos Santos Tavares


Essa é do Bahia


Um lindo mosaico tricolor


Magrão trabalhou muito


Perigo na área tricolor


Torcida do Sport na Arena Fonte Nova


Edgar Júnio marca o gol do título tricolor


Bahia conquista título após 15 anos


Faça a festa torcedores


Régis levantou a taça


Torcedores e Jogadores fizeram a festa na Arena Fonte Nova

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 22 de maio de 2017

BRASILEIRÃO 2017 / VITÓRIA 0 x 1 CORINTHIANS


Vitória perde jogo contra o Corinthians na Arena Fonte Nova

Após um começo de partida com ambas equipes mostrando uma certa comodidade, o Vitória não conseguiu evitar sua primeira derrota na Série A. Na noite deste domingo (21), o Rubro-Negro foi superado pelo Corinthians na Fonte Nova, por 1 a 0.

Jô marcou o gol do triunfo do time paulista.

Os comandados de Petkovic agora voltam a campo no próximo sábado (27) contra o Coritiba, no Barradão.

O JOGO

Aos 5, a primeira finalização do Vitória. David cortou para dentro e chutou de fora da área. Cássio caiu para para defender.

Aos 10 minutos, o Vitória reclamou de um toque de mão de Fagner dentro da área após disputar jogada com David. Juiz mandou seguir.

O primeiro ataque do Corinthians só foi acontecer aos aos 15 minutos. Romero puxou o contragolpe, mas, na hora da definição da jogada, Rodriguinho se enrolou com a bola e perdeu a posse.

Aos 34, Jô cortou a marcação e exigiu uma defesaça de Fernando Miguel. No rebote, Romero não conseguiu aproveitar e cruzou para Rodriguinho, que bateu prensado com a defesa. 

Para o segundo tempo, o Vitória fez com duas alterações. Euller, Pisculichi e Jhemerson entraram nos lugares de Uillian Correia, Cleiton Xavier e Rafaelson, respectivamente.

Aos 7, o Corinthians teve um gol anulado. Jadson inverteu para Romero, que, em posição de impedimento, cruzou da direita para Maycon marcar. A arbitragem anulou corretamente o gol.

Um minuto depois, o Vitória reagiu. Uillian Correia levantou para Leandro Salino, que ajeitou de cabeça para Cleiton Xavier chutar. Cássio pegou firme, no meio do gol.

Mas, aos 30, depois de tabela entre Jadson e Marquinhos Gabriel, Jô entrou pela esquerda e bateu rasteiro, por baixo das pernas de Fernando Miguel. Gol do Corinthians.

Ficha Técnica

Vitória 0 x 1 Corinthians

Brasileirão Série A - 2ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário: 21/05/2017, às 16h

Vitória : Fernando Miguel; Leandro Salino, Alan Costa, Fred e Geferson; Willian Farias, Uillian Correia e Cleiton Xavier; Paulinho, David e Rafaelson (Pisculichi). Técnico: Petkovic.

Corinthians : Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson e Rodriguinho; Romero e Jô. Técnico Fábio Carille.

Fonte : Galáticos on line / Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Vitória 0 x 1 Corinthians

Arbitragem : Pericles Bassols Pegado Cortez (CBF/PE) 

Assistido por Clovis Amaral da Silva (CBF/PE) e Cleberson do Nascimento Leite (CBF/PE).


Nova Bola do Brasileirão 2017


As Leoas e o bravo Leão


Perigo contra o Vitória


Torcida do Corinthians na Arena Fonte Nova


Vitória no ataque


Corinthians abre o placar com Jô


O Cavalinho Corinthiano


Pouco mais de 16 mil pagantes na Arena Fonte Nova

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

quarta-feira, 10 de maio de 2017

MELHORES BAIANÃO 2017


TV Bahia e FBF promove festa de encerramento do Baianão 2017

Durante evento realizado na noite desta terça-feira, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou a lista com os melhores do Campeonato Baiano de 2017.

Na lista cinco jogadores do Bahia e cinco do Vitória. O único que não fez parte da dupla BaVi é Todinho.

Veja a Seleção do Baianão 2017: 

Goleiro : Fernando Miguel

Laterais : Eduardo e Euller

Zagueiros : Kanu e Tiago

Volantes : Willian Farias e Juninho

Meias : Régis e Allione

Atacantes : Todinho e David

Técnico : Argel Fucks

Preparador Físico : Reverson Pimentel 

Revelação : David

Artilheiro : André Lima/Marclei (5 gols)

Craque do Campeonato : Régis

Gol mais bonito : Todinho

Fotos por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte


Adelmo Casé fazendo a abertura do evento


Thiago Mastroanni apresentador


Patricia Abreu apresentadora


Presidente da FBF Sr, Ednaldo Rodrigues


Goleiro : Fernando Miguel


Arbitragem da FBF em Destaque


Euller melhor lateral esquerdo do Vitória


As Musas do Baianão 2017

Eleita a musa do Jacobina


Dupla de Zagueiros com Kanu do Vitória e Thiago do Bahia


Volante do Vitória : William Farias


Volante do Bahia : Juninho


Régis do Bahia : Meia e Craque do Campeonato


Allione do Bahia com melhor meia 


David eleito como atacante e revelação do Vitória


Todinho do Conquista eleito com o gol mais bonito e atacante


Reverson Pimentel melhor preparador físico do Vitória


Argeu Fucks como melhor treinador do Vitória


Eu, Marcelo Oliveira registrando esse grande evento

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 8 de maio de 2017

BAIANÃO 2017 / VITÓRIA 0 x 0 BAHIA ( FINAL )


Vitória empata com o Bahia e conquista Bi Campeonato Baiano

Em um clássico onde o Vitória foi melhor no primeiro tempo e o Bahia no segundo, comemorou quem tinha a vantagem do empate. O 0 a 0 no placar, no Barradão, deu o bicampeonato baiano ao Vitória, neste domingo (7), no Barradão.

Dono da melhor campanha na competição, o Rubro-Negro entrou na final por dois resultados iguais. Com um 1 a 1 no jogo de ida, na Arena Fonte Nova, e o 0 a 0 no Barradão, o Leão levantou mais uma taça do estadual, e invicto, sem ter perdido uma partida sequer.

Agora, com expectativa sobre o nome do novo técnico, o Vitória volta a campo no próximo domingo (14), na estreia da Série A do Brasileirão, diante do Avaí, fora de casa. Já o Esquadrão estreia em casa, no mesmo dia, contra o Atlético (PR).

O JOGO

O primeiro tempo da final foi disputado, mas com um pouco de superioridade do Vitória. Os donos da casa construíram as principais jogadas da etapa inicial.

Mas, quem assustou primeiro foi o Bahia. Logo aos sete minutos, Edigar Junio recebeu bola na área, girou com facilidade sobre Alan Costa, mas errou o chute e mandou para fora.

Já o Vitória assustou pela primeira vez aos 22 minutos. Paulinho arriscou chute de longe e Jean se esticou para espalmar e salvar.

Um minuto depois, o Rubro-Negro perdeu chance clara. Cleiton Xavier bateu escanteio fechado, Jean espalmou e, no rebote, Bruno Ramires, livre, chutou por cima do gol.

Aos 29, o Leão perdeu mais um. Devid recebeu lançamento livre na área, mas tentou colocar errado e chutou para fora.

A blitz rubro-negra seguiu aos 33 minutos. Paulinho recebeu bola na área, driblou dois marcadores e chutou na trave.

No segundo tempo, o Bahia foi o único a voltar com mudança. Jackson entrou no lugar de Lucas Fonseca.

E a primeira boa chance foi do Bahia. Aos sete minutos, Zé Rafael chutou de primeira de fora da área, a bola desviou na zaga e bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 21, o Tricolor chegou mais uma vez com perigo. Armero levantou bola na área, Tiago subiu sozinho, mas desviou de cabeça para fora.

A resposta do Vitória veio aos 30 minutos. Após roubada de bola, David partiu sozinho, deixou um marcador para trás, mas, na área, foi cortado na hora do passe.

Sem alterações no placar, o Vitória, dono da vantagem, sagrou-se bicampeão baiano no Barradão.

Ficha Técnica

Vitória 0 x 0 Bahia

Baianão 2017 – final (Volta)

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data/Horário: 07/05/2017, às 16h

Cartões amarelos : Kanu, André Lima, Brun 

Vitória : Fernando Miguel; Patric, Alan Costa, Kanu e Geferson; Willian Farias, Bruno Ramires (Renê Santos) e Cleiton Xavier; Paulinho (Gabriel Xavier), David e André Lima (Rafaelson). Técnico interino: Wesley Carvalho.

Bahia : Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca (Jackson) e Armero; Edson, Juninho e Régis; Allione (Gustavo), Zé Rafael (Diego Rosa) e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Fotos por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte


Trio de Arbitragem : Vitória 0 x 0 Bahia

Árbitro : Marielson Alves Silva (BA)

 Assistentes : Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)


As candidatas a musa do futebol   


Jogadores se unem antes do jogo


Vitória quase abre o placar


Torcida única no Barradão


Bahia todo no ataque


Vitória é Bi-Campeão Baiano 2017

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

quinta-feira, 4 de maio de 2017

BAIANÃO 2017 FINAL / BAHIA 1 x 1 VITÓRIA / IDA


Bahia empata na Arena e Vitória mantém vantagem na final

Em um jogo onde o Bahia foi melhor em quase todos os 90 minutos, o Vitória não se entregou e arrancou um empate de 1 a 1 no BAVI de ida da final do Baianão, na noite desta quarta-feira (3). Tiago marcou para o Tricolor ainda no primeiro tempo. Armero, contra, fez para o Rubro-Negro no segundo tempo.

Com o resultado, o Leão manteve a vantagem para o jogo de volta. No Barradão, no próximo domingo (7), com apoio da sua torcida, o Vitória só precisará de um novo empate sagrar-se campeão. Já ao Esquadrão resta um triunfo por qualquer placar para ficar com o título.

O JOGO

Um primeiro tempo de um time só. O Bahia dominou as ações e pressionou o Vitória, que sofreu para conseguir sair em contra-ataque e armar jogadas.

Logo aos dois minutos, Zé Rafael fez jogada individual, entrou na área e chutou na trave.

O único lance de perigo do Vitória foi aos cinco minutos. Cleiton Xavier cobrou escanteio e quase fez olímpico. Jean espalmou em cima da linha.

A partir daí, só deu Tricolor. O gol se desenhava a cada minuto e a zaga do Vitória batia cabeça.

Aos 33, a rede balançou. Régis cobrou falta na área, Tiago subiu sozinho e desviou. Fernando Miguel ainda aceitou pode debaixo das pernas e nada fez. 

Ao final do primeiro tempo, se desenhou mais uma confusão entre Kanu e Lucas Fonseca. Mas, o princípio de briga foi logo contido pelos próprios atletas.

Na volta para o segundo tempo, o Vitória deu seu primeiro chute a gol na partida. Aos cinco minutos, Euller cruzou bola da esquerda e Paulinho, meio que de carrinho, desviou e acertou a rede pelo lado de fora.

Minutos depois, o Bahia sofreu uma baixa. Régis sentiu um desconforto na coxa e pediu para sair. Guto colocou Gustavo no lugar do meia.

Aos 16, o Tricolor teve a chance de ampliar. Allione lançou Gustavo livre na área, mas o atacante se atrapalhou na hora do chute e mandou na rede pelo lado de fora.

Aos 23, blitz do Vitória. Primeiro, Patric deixou marcador no chão, na área, e chutou colocado. Eduardo salvou de cabeça quase que em cima da linha. Na sequência, Geferson cruzou da esquerda e Cleiton Xavier cabeceou no travessão.

Aos 32 minutos, o Leão chegou ao empate. Patric invadiu a área em jogada individual, chutou e Jean fez a defesa. No rebote, a bola bateu em Armero e voltou para as redes de Jean.

Aos 42 minutos, o Vitória ficou com um jogador a menos. Uillian Correia acertou um pontapé em Diego Rosa, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Mas, não houve tempo para o Bahia aproveitar a superioridade numérica.

Ficha Técnica

Bahia 1 x 1 Vitória

Baianão 2017 - Final (Ida)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário: 03/05/2017, às 21h45

Cartões amarelos : Willian Farias, Geferson, Uillian Correia (VIT)

Cartões vermelhos : Uillian Correia (VIT)

Gols : Tiago (BAH); Armero-contra (VIT)

Bahia : Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Edson, Renê Júnior (Diego Rosa) e Régis (Gustavo); Allione, Zé Rafael (Juninho) e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Vitória : Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Geferson; Willian Farias, Uillian Correia, Cleiton Xavier (Pisculichi) (Renê Santos) e Euller (Rafaelson); David e Paulinho. Técnico Interino: Wesley Carvalho.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 1 x 1 Vitória

Árbitro : Raphael Claus (FIFA-SP)

 Assistentes : Marcelo Carvalho  Van Gasse (FIFA-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP)


Antes da partida jogadores se uniram pela paz


Primeiro tempo de um time só


Torcida fazendo figa


Thiago marca o gol Tricolor 


Bahia no ataque


Vitória empata e mantém vantagem


Edson do Bahia e Renê Santos do Vitória fizeram as pazes

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte