segunda-feira, 16 de outubro de 2017

BRASILEIRÃO 2017 A / BAHIA 2 X 0 CORINTHIANS


Bahia derruba o Corinthians na Arena Fonte Nova

O Bahia deu um passo importante na briga contra o rebaixamento na Série A, neste domingo (15). A equipe comandada por Carpegiani não tomou conhecimento do líder Corinthians, e com apoio da massa tricolor na Fonte Nova bateu os alvinegros por 2 a 0, contando com gol de Vinícius.

Com a vitória o tricolor deu um salto na tabela de classificação, onde ocupa a 10ª posição, se distanciando da zona de rebaixamento do Brasileirão.

Na próxima rodada o Bahia vai ao Rio de Janeiro encarar o Flamengo, em confronto agendado para quinta-feira (19).

O jogo

Apesar de jogar contra a equipe líder do Brasileirão, o Bahia começou a partida pressionando o Corinthians na Fonte Nova. A primeira chance apareceu aos 13 minutos, com Edgar Junio, que passou pela marcação e bateu rasteiro, com a zaga do Tião cortando e quase marcando gol contra.

O Esquadrão chegou a abrir o placar aos 18 minutos, com Rodrigão, mas a arbitragem assinalou impedimento do centroavante tricolor.

No melhor lance do Bahia no primeiro tempo, Zé Rafael tentou chute colocado, mas Cássio fez grande defesa e salvou os paulistas.

Pelo lado do Timão, a melhor oportunidade veio com Jô, que recebeu cruzamento de Romero e cabeceou firme, mas Jean estava lá para salvar o Bahia.

Segundo tempo

A exemplo do que aconteceu no início da partida, o Bahia voltou do intervalo disposto a pressionar o Timão. Logo aos cinco minutos, Rodrigão fez boa jogada, avançou e tentou o chute, mas foi travado pela defesa. Na sequência, Vinícius tentou o chute, com a bola passando perto do gol defendido por Cássio.

O Esquadrão seguiu superior, mais ligado e com mais posse de bola na partida, abrindo o placar aos 26. Edgar Junio aproveitou cochilo de Fágner e roubou a bola, que ficou com Vinícius. O meia girou rápido e bateu firme, sem chances para Cássio. Bahia 1 a 0.

Atrás no placar, o Timão até tentou sair para o jogo, mas o tricolor segurou bem o resultado, com a massa tricolor fazendo uma linda festa nas arquibancadas da Fonte.

Para completar o clima de festa, o Bahia aproveitou o desespero corintiano nos acréscimos. O goleiro Cássio foi para a área do Esquadrão, que conseguiu roubar a bola na defesa e ligar o contra-ataque com Régis, que percorreu todo o campo antes de decretar: Bahia 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

Bahia 2 x 0 Corinthians

Campeonato Brasileiro – 28ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, às 18h (horário da Bahia)

Gosl : Vinícius e Régis.

Bahia : Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Vinícius (Matheus Sales); Zé Rafael (Allione), Edigar Junio e Rodrigão (Régis). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Corinthians : Cássio, Fágner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Camacho, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 2 x 0 Corinthians

Árbitro : Ricardo Marques Ribeiro

Assistentes : Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (todos de MG).


Torcida do Corinthians na Arena


Homenagem ao Outubro Rosa


Bahia no ataque


Vinicius abre o placar


Pressão tricolor


Régis fez o segundo gol do Bahia


Confusão na torcida do Corinthians


Torcida Tricolor fez a festa

domingo, 1 de outubro de 2017

BRASILEIRÃO A 2017 / BAHIA 1 X 1 CORITIBA


Bahia joga mal, e fica no empate com o Coritiba

Precisando muito vencer para se afastar da zona de rebaixamento, o Bahia recebeu o Coritiba na tarde deste domingo (30), na Arena Fonte Nova e empatou o duelo por 1 a 1, com Zé Rafael marcando para o tricolor e Rildo empatando para o time verde e branco. O Coxa continua sem vencer, somando agora sete jogos sem sentir o gostinho do triunfo. Já o tricolor, aguarda os resultados dos próximos jogos da 26ª rodada para saber se fica mais próximo do Z4 ou não. Dificilmente o Bahia entrará na zona de rebaixamento.

1º TEMPO:

A partida começou movimentada com um chute forte de Alan Santos do 'Coxa', porém a bola foi pra fora. Pouco tempo depois o volante Juninho do Bahia e o lateral Léo do Coritiba se estranharam e ambos receberam cartão amarelo. Aos 21 minutos, Henrique Almeida divide bola com Jean dentro da área tricolor, é atingido claramente, mas o árbitro da partida decide por não marcar a penalidade máxima. Depois deste lance o jogo esfriou um pouco e a torcida do Bahia já estava ficando impaciente, quando aos 45 minutos, o atacante Zé Rafael aproveita uma bola mal recuada do zagueiro Werley, divide ela com o goleiro Wilson, leva a melhor e faz um gol de clavícula. abrindo o placar da partida e finalizando o primeiro tempo.

2º TEMPO:

A segunda etapa começou de fato apenas aos 10 minutos, quando o Mendoza recebeu a bola, invadiu a grande área, bateu forte, porém ela explodiu no travessão e foi pro lado. Logo após este lance, o técnico Preto Casagrande chamou Régis e Edigar Junio para entrarem nos lugares de Vinicius e Mendoza, mas as substituições não fizeram efeito e o Bahia pouco criou. Quem criou foi o Coritiba, que aos 18 minutos empatou a partida numa jogada do lateral-direito Léo, que cruza a bola no segundo pau para o atacante Rildo, que se antecipa de Éverson e marca o gol. Depois deste lance as equipes protagonizaram um duelo frio e o placar continuou assim até o final da partida.

Ficha Técnica

Bahia 1 x 1 Coritiba

Brasileirão Série A – 26ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário: 30/09/2017, às 16h

Público: 20.860 / Renda: R$411.449,50

Bahia : Jean; Éverson (Matheus Sales), Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Juninho e Vinícius (Régis); Zé Rafael, Mendoza (Edigar Junio) e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande.

Coritiba : Wilson; Léo, Werley, Cleber Reis e Carleto; Alan Santos, Jonas (Filigrana), Matheus Galdezani e Tiago Real (Anderson); Rildo e Henrique Almeida (Keirrison). Técnico: Marcelo Oliveira.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 1 x 1 Coritiba

Árbitro : Péricles Bassols Cortez (PE)

 Assistentes : Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE). Assistentes 

Adicionais : Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE) e Deborah Cecilia Correia (PE)


Jovem Everson fez estréia no profissional


Zé Rafael faz um gol chorado


Gol do Coritiba


Torcedor do Bahia ficou na bronca

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

BRASILEIRÃO A 2017 / BAHIA 1 X 0 GRÊMIO


Sufoco ? Bahia vence o Grêmio e deixa a zona 

Na noite deste domingo (24), o Bahia apagou a sequencia de três jogos sem triunfo e venceu o Grêmio por 1 a 0. O Esquadrão demonstrou novamente um futebol abaixo do esperado por sua torcida, mas com o gol salvador do atacante Rodrigão, em pênalti assinalado no final do jogo, a equipe conquistou os três pontos. 

O técnico Preto Casagrande manteve Rodrigão no comando de ataque e deixou Edigar Junio no banco de reservas. Durante o jogo, o que se viu foi o time visitante comandar as ações, inclusive com as melhores oportunidades de gol. Porém, no finalzinho da partida, o árbitro assinalou pênalti do lateral Edilson em cima de Allione. 

Com o triunfo, o Bahia chega aos 30 pontos, e ocupa a 13ª colocação. O Tricolor volta a campo no próximo sábado (30), às 16h, para encarar o Coritiba. O jogo também será na Arena Fonte Nova. 

FICHA TÉCNICA

Bahia 1 x 0 Grêmio – 25ª Rodada do Campeonato Brasileiro da Série A

Data e horário: Domingo, 24/09, às 19h

Local : Arena Fonte Nova - Salvador

Bahia: : Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson e Juninho; Vinícius (Allione), Zé Rafael (Edigar Junio) e Mendoza; Rodrigão.
Técnico: Preto Casagrande

Grêmio : Paulo Victor; Edilson, Bressan, Kannemann e Cortez; Artur, Ramiro (Patrick) e Arroyo (Everton); Fernandinho e Jael.
Técnico: Renato Gaúcho

Gol: Rodrigão (BAH)

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 1 x 0 Grêmio

Arbitro : Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)

Auxiliares : Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (CBF/SP)


Jael ex-Bahia agora no Grêmio


Torcida Tricolor agitaram as arquibancadas


Grêmio assustando o Bahia


Um jogo com lances polêmicos


Rodrigão faz gol salvador de pênalti


Rodrigão, acima do peso ?

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

domingo, 10 de setembro de 2017

BRASILEIRÃO 2017 A / VITÓRIA 2 X 2 FLUMINENSE


Vitória empata com Fluminense e volta ao Z-4

Após dois triunfos consecutivos fora de casa, o Vitória voltou ao Barradão para afastar o estigma de mau mandante na Série A. Porém, mesmo com o apoio da torcida o Rubro-Negro mais uma vez não conseguiu vencer e apenas empatou em 2 a 2 com o Fluminense.

Os gols do time baiano foram marcados por Neilton e Kanu, que empatou nos últimos minutos após uma virada dos cariocas. Wendel e Henrique Dourado fizeram os gols do Flu.

Com o resultado, o Leão somou apenas um ponto, foi aos 26 e voltou à zona de rebaixamento, na 17ª colocação. Agora, os comandados de Vagner Mancini voltam a campo no próximo domingo (17), contra o São Paulo, novamente no Barradão.

O JOGO

A primeira boa chance do jogo foi do Vitória, aos seis minutos. Após saída de bola errada do Fluminense, Neilton lançou Trelléz, que tentou no contrapé, mas Júlio César fez a defesa.

Aos 14, o Rubro-Negro chegou bem mais uma vez. Trelléz recebeu bola no meio do campo, driblou dois marcadores e chutou colocado. A bola passou perto da trave.

Melhor em todo o primeiro tempo, o Leão conseguiu abrir o placar aos 45. Após cruzamento de Patric, a bola passou por toda a área e sobrou para Neilton dominar e tocar no canto de Júlio César.

Mas, no primeiro lance de perigo do segundo tempo, o Fluminense chegou ao empate. Aos três minutos, após cobrança de lateral, Henrique Dourado ganhou de Wallace e chutou forte para a defesa de Fernando Miguel. Mas, no rebote, Wendel se antecipou à zaga e mandou nas redes.

Aos 18 minutos, o time baiano quase voltou à frente do placar. Caíque Sá cruzou da direita, Neilton pegou de primeira, mas Júlio César fez a defesa.

Sete minutos depois, Thallyson cruzou da esquerda, Caíque Sá desviou da pequena área, mas mandou para fora.

Aos 28 minutos, o time carioca perdeu um jogador. Robinho pisou a canela de Caíque Sá, recebeu o cartão vermelho direto e foi expulso de campo.

Aos 34, o Vitória perdeu um gol claro. Caíque Sá faz grande jogada pela direita e deixou Patric livre na área. Mas, o lateral pegou muito forte e isolou a bola.

Aos 41, o Rubro-Negro assustou mais uma vez. Caíque Sá cruzou da direita, Kanu desviou de cabeça e acertou a trave.

Mas, aos 43 minutos, Thallyson levou o torcedor ao desespero ao derrubar Wellington Silva na área e cometer pênalti.  Na cobrança, Henrique Dourado deslocou Fernando Miguel e virou a partida.

Porém, aos 48, o Leão conseguiu evitar a derrota. Após bola cruzada na área, Kanu desviou de cabeça no canto de Júlio César.

Ficha Técnica

Vitória 2 x 2 Fluminense

Brasileirão Série A – 23ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)

Data/Horário: 10/09/2017, às 16h

Cartões amarelos: Lucas, Renato Chaves, (FLU); Thallyson (VIT)

Cartões vermelhos : Robinho (FLU)

Gols : Neilto, Kanu (VIT); Wendel, Henrique Dourado (FLU)

Vitória : Fernando Miguel; Caíque Sá, Kanu, Wallace e Juninho (Thallyson); Fillipe Soutto, Uillian Correia e Patric; Neilton, David (Kieza) e Tréllez (Todinho). Técnico: Vagner Mancini.

Fluminense : Júlio César; Lucas, Renato Chaves, Henrique (Nogueira) e Marlon; Orejuela, Douglas (Robinho), Wendel e Gustavo Scarpa (Soronoza); Wellington Silva e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Vitória 2 x 2 Fluminense

Árbitro : Wagner Reway (FIFA-MT)

 Assistentes : Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MS)


Torcida do Vitória apoiando o time


Neilton abre o placar


Fluminense empata o jogo com Wendel


Gol do Fluminense de pênalti de Henrique Dourado


Kanu empata o jogo no apagar das luzes


Torcida do Fluminense Carioca

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

BRASILEIRÃO 2017 A / BAHIA 1 X 2 BOTAFOGO


Bahia perde na Arena Fonte Nova para o Botafogo e se complica

O Bahia recebeu o Botafogo na tarde deste domingo (27), na Arena Fonte Nova e a "Lei do Ex" foi impiedosa. Com um gol de Bruno Silva, aos 45 minutos do segundo tempo, o tricolor perdeu para o time carioca em casa.

Na partida, o zagueiro Tiago e o lateral-esquerdo Juninho se machucaram e serão reavaliados nesta segunda-feira, para saberem a gravidade das suas respectivas lesões.

1º Tempo:

O jogo começou com as duas equipes se estudando e logo aos 5 minutos, o lateral-direito Arnaldo cruza a bola na área, Lucas Fonseca fura no primeiro pau, Tiago deixa a bola passar também e o atacante Roger não conseguiu colocar o pé a tempo para abrir o placar. A resposta tricolor veio um minuto depois com um lindo passe de Régis para Rodrigão, onde o atacante não aproveitou e chutou pra fora.

O primeiro gol da partida saiu aos 12 minutos, quando mais uma vez a zaga do Bahia falha na marcação, Rodrigo Pimpão cruza a bola para a área e Roger, de costas para o gol, cabeceia por cima de Jeanzinho que se preciptou na saída, abrindo o placar e despertando o Esquadrão de Aço.
Mas não demorou muito para o Bahia empatar a partida. Aos 15 minutos, Zé Rafael cruza para a área e Renê Júnior, de costas para o gol, cabeceia por cima do goleiro Gatito Fernández, marcando um gol muito parecido com o do Botafogo e empatando o duelo.
Aos 35, o zagueiro Joel Carli se lesionou a posterior da coxa direita e saiu de campo chorando, dando lugar a Marcelo. Aos 41 minutos, o zagueiro Tiago do Bahia dá um carrinho com os dois pés no Rodrigo Lindoso, mas o árbitro manda seguir pois a bola caiu nos pés de Rodrigo Pimpão que saiu cara a cara com Jean e chutou a bola em cima do goleiro duas vezes. Após a dividida, Tiago recebeu o cartão amarelo e levou a pior, sendo substituído por Rodrigo Becão, com uma fascite plantar. Depois disso não houve nenhum lance de perigo e o primeiro tempo acabou em empate por 1 a 1.

2º Tempo:

O Bahia já começou a segunda etapa atacando pela direita com Eduardo fazendo um belo cruzamento para Rodrigão, que cabeceia no centro do gol, mas Gatito estava ligado e encaixou a bola. A partida ficou morna até os 15 minutos, quando Mendoza ganha na velocidade e recebe o passe de Régis, mas chuta fraco para uma fácil defesa do goleiro Gatito Fernández. Aos 24 minutos, Rodrigo Pimpão faz uma jogadaça pela esquerda, dando uma caneta em Eduardo, mas não capricha no passe e o zagueiro tricolor afasta a bola pra fora. A mudança surtiu efeito e no primeiro toque na bola de Maikon, ele avançou em velocidade e sofreu uma falta que foi batida por Mendoza e por pouco o tricolor não vira o placar.

O técnico Preto Casagrande resolve dar uma oportunidade ao atacante Maikon Leite, que não atuava há 3 meses pelo Bahia, colocando ele no lugar de Régis. Aos 35, o lateral-esquerdo Juninho Capixaba sentiu uma torsão no tornozelo após uma forte dividida com Rodrigo Pimpão. Como o Bahia já tinha feito as três alterações, o jogador foi para o sacrifício.

O jogo parecia que iria terminar no 1 a 1, mas aos 46 minutos do segundo tempo, o volante do Botafogo, Bruno Silva recebe o cruzamento de Rodrigo Pimpão, cabeceia pra baixo, Jean ainda toca nela mas não consegue evitar o gol do time carioca que deu o triunfo ao "Fogão".

Ficha Técnica

Bahia 1 x 2 Botafogo

Brasileirão Série A - 22ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário: 27/08/2017, às 16h

Gols : Renê Júnior (Bahia); Roger e Bruno Silva (Botafogo)

Cartões Amarelos: Tiago e Edson (Bahia)

Público : 22.585 pagantes / Renda: 571.444,00

Bahia : Jean; Eduardo, Lucas Fonseca, Tiago (Rodrigo Becão) e Juninho Capixaba; Edson, Renê Junior e Régis (Maikon Leite); Zé Rafael (Vinícius), Mendoza e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande.

Botafogo : Gatito Fernández; Arnaldo, Joel Carli (Marcelo), Igor Rabelo e Victor Luis (Gilson); Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius (Guilherme); Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 1 x 2 Botafogo

Arbitragem : Heber Roberto Lopes (SC) 

Auxiliado por Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)


Torcida do Fogão de Feira de Santana


Homenagem as vitimas do naufrágio em Mar Grande-Ba


Roger abre o placar


Renê Júnior empata o jogo


Bruno Silva marca o gol da vitória


Torcida do Bahia sai decepcionada

Público : 22.585 pagantes / Renda: 571.444,00

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

BRASILEIRÃO 2017 A / BAHIA 3 X 0 VASCO


Bahia vence o Vasco com show do Colombiano

O Bahia venceu o Vasco na tarde deste domingo (20), na Arena Fonte Nova, pelo placar de 3 a 0. Os gols do Esquadrão foram por Tiago e Mendoza, duas vezes. Após ter sofrido goleada fora de casa na estreia do returno, o Tricolor reagiu e se afastou do Z4 do Braisileirão.  

Sem maiores dificuldades, o Bahia abriu o placar logo aos 22 minutos da primeira etapa, numa bonita cabeçada do zagueiro Tiago. Ainda no primeiro tempo, aos 48, foi a vez de Mendoza ampliar no contra-ataque. O meia ampliou com um minuto do segundo tempo, dando números finais ao jogo. 

O Esquadrão volta a campo às 16h do próximo domingo (27), contra o Botafogo, também na Arena Fonte Nova. A partida será válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O Bahia está na 12ª posição, com 26 pontos no certame nacional.  

FICHA TÉCNICA

Bahia 3 x 0 Vasco - 21ª Rodada do Campeonato Brasileiro da Série A

Dia e horário : Domingo, 20 de agosto, às 16h

Local : Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Bahia (4-2-3-1)
Jean ; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba (Juninho); Renê Junior e Edson; Regis (Vinicius), Zé Rafael (Mathes Reis) e Mendoza; Rodrigão.
Técnico: Preto Casagrande

Vasco (3-5-2)
Martin Silva ; Rafael Marques (Bruno Paulista), Anderson Martins e Breno; Jean, Gilberto, Matheus Vidal (Manga Escobar), Wagner e Ramon; Paulinho (Nenê) e Luis Fabiano.
Técnico: Milton Mendes

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 3 x 0 Vasco

Árbitro : Raphael Claus - SP (FIFA)

Auxiliares : Bruno Salgado Rizo - SP (CBF) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo - SP (FIFA)


Torcida do Vasco


Tiago abre o placar pra o Tricolor


Vasco leva perigo ao Bahia


Renê um dos destaques do jogo


Mendoza marca dois gols contra o Vasco


Preto deve ser anunciado com técnico oficial


Bahia joga no próximo domingo contra o Botafogo


Olha o Cavalinho Tricolor 

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte