segunda-feira, 24 de abril de 2017

BAIANÃO 2017 / VITÓRIA 5 x 0 CONQUISTA


Vitória goleia o Conquista e disputa final com o Bahia

O Vitória goleou o xará de Vitória da Coquista por 5 a 0, neste domingo (23), no Barradão. Com o resultado, a equipe do técnico Argel Fucks garantiu vaga na final do Estadual, onde enfrentará o seu maior rival em dois jogos. 

Diferentemente da partida contra o Paraná, o Leão não encontrou dificuldades para despachar o Conquista. No primeiro tempo, a equipe marcou duas vezes e ainda comemorou a expulsão do zagueiro Lúcio – com dois amarelos -. No início da segunda etapa, Paulinho que entrou no lugar de André Lima, ampliou a vantagem. Uillian Correia e Geferson fecharam o placar. 

Vale ressaltar que a dupla Ba-Vi disputará a semifinal da Copa do Nordeste e mais dois jogos pelo Brasileirão, uma soma de mais seis clássicos de pura emoção. O primeiro duelo está marcado para a próxima quinta-feira (27), às 20h30, no Barradão, pela competição regional. 

FICHA TÉCNICA

Vitória 5 x 0 Conquista

Baianão – Semifinal (Jogo de volta)

Local: Barradão, às 16h.

Vitória : Fernando Miguel, Patric (Leandro Salino), Kanu, Fred e Geferson; Uillian Correia, Bruno Ramires, Euller e Cleiton Xavier (Dátolo); David e André Lima (Paulinho). Técnico: Argel Fucks.

Vitória da Conquista : Rodolfo, Fieta, Lúcio, Silvio e Willian Santos (Dionísio); Maicon, Edimar, Diego Aragão e Dinda (Emílio); Tatu (Kleber) e Todinho. Técnico: Guilhermino Lima.

Cartões amarelos : Patric, Uillian Correia (VIT) . Maicon, Willian Santos, Diego Aragão, Tatu e Lúcio (VIT C)

Cartões vermelhos : Lúcio (VIT C)

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Vitória 5 x 0 Conquista

Arbitragem : Johnn Herbert Alves Bispo

Assistido por Alessandro Alvaro Rocha e Adailton José Jesus da Silva (todos da BA).


David abre o placar


Cleiton Xavier marca gol de pênalti


Paulinho amplia o placar


Torcida do Vitória em pequeno número no Barradão


Uilliam Correia marca um belo gol


Sem reação


Torcida do Conquista muito pequena


Gerferson fez seu primeiro gol com a camisa do Leão e dedicou ao filho Enzo

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

sábado, 22 de abril de 2017

BAIANÃO 2017 / BAHIA 1 x 0 FLU de FEIRA


Sem emoção, Bahia vence o Flu de Feira e está na final do Baianão 2017

Como já era esperado, foi um sábado tranquilo para o torcedor do Esquadrão. Com a vantagem adquirida na partida de ida em Feira de Santana, onde venceu por 3 a 0, o Bahia não precisou fazer muito esforço para eliminar o Fluminense de Feira e garantir vaga na grande final do Baianão.

Jogando na Arena Fonte Nova, o Bahia venceu por 1 a 0, em jogo morno durante os 90 minutos. O gol foi anotado por Hernane. O jogo também foi marcado pela expulsão do lateral Edson Souza, do Fluminense, ainda na primeira etapa. Após fazer falta dura em René Júnior, o jogador foi para o vestiário mais cedo. 

Agora, o Tricolor de Aço aguarda o seu adversário na decisão que será definido neste domingo (23), na semifinal entre Vitória e Vitória da Conquista. Os dois jogos da grande final estão marcados para os próximos dias 03 e 07 de maio. 

FICHA TÉCNICA

Bahia 1 x 0 Flu de Feira

Baianão – Semifinal (Jogo de volta)

Data: 22/04/2017

Local :  Fonte Nova, às 16h

Bahia : Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior (Feijão), Juninho e Zé Rafael; Allione (Maikon Leite), Edigar Junio e Hernane (Gustavo). Técnico: Guto Ferreira.

Fluminense de Feira : Jair, Edson, Igor, Eduardo e Jorge Wagner (Jarbas); Alexandre (Deca), Rogério, Guto e Janeudo; Fernando Sobral (Ebinho) e João Neto. Técnico: Arnaldo Lira

Cartões amarelos : Renê Junior (BAH) / Alexandre, Rogério, Jorge Wagner e Janeudo (FLU)

Cartões vermelhos : Edson Souza (FLU)

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 1 x 0 Flu de Feira

Arbitragem :  Ricarle Gustavo Gonçalves Batista 

Assistido por Paulo de Tarso Bregalda Gussen e José dos Santos Amador


Torcida fazendo festa


Hernane marca único gol do jogo


Flu de Feira se despede com derrota


Público Pagantes na Arena com 1,942 e com Renda de R$ 90.986,00

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 17 de abril de 2017

BAIANÃO 2017 / FLU de FEIRA 0 x 3 BAHIA


Bahia goleia o Flu e fica próximo da grande final 

A recuperação da derrota para o Vitória no BAVI veio em grande estilo para o Bahia. Com autoridade, o Tricolor venceu o Fluminense de Feira por 3 a 0, na semifinal de ida, e colocou um pé na final do Baianão.

Hernane, Renê Júnior e Régis marcaram os gols do triunfo no Joia da Princesa, em Feira de Santana.

Com o resultado, o Esquadrão aumentou ainda mais a vantagem sobre o Touro. Agora, os comandados de Guto Ferreira poderão perder por até três gols de diferença no jogo de volta. Já o Flu, para chegar à decisão terá que golear o Bahia com quatro gols de diferença no próximo sábado (22), na Arena Fonte Nova. 

O JOGO

Absoluto no primeiro tempo, o Bahia mostrou que não contava com a vantagem de jogar por dois resultados iguais para chegar á decisão do Baianão.

Aos 32 minutos, o Tricolor marcou seu primeiro gol. Após bola levantada na área, Hernane dominou na coxa e tocou no canto de Jair para desencantar e fazer seu primeiro gol no campeonato.

Quatro minutos depois, o Esquadrão chegou ao segundo. Depois de um bate rebate na área, Renê Júnior acertou um balaço no ângulo sem chances para Jair.

E ainda deu tempo para mais um. Aos 44 minutos, Régis roubou bola na entrada da área e, sem deixar cair no gramado acertou um lindo chute de primeira no canto para fazer um belo gol no Joia da Princesa.

No segundo tempo, o Bahia continuou dominante na partida e quase abriu goleada nos primeiros minutos. Aos dez minutos, Hernane deu belo passe para Edigar Junio na área, mas o atacante demorou de chutar e foi cortado pelo zagueiro.

Já aos 11 minutos, Régis fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Allione, na pequena área, desviar para fora e desperdiçar grande chance.

Aos 28 minutos, a situação ficou ainda pior para o Touro. Rafhael cometeu falta dura em Hernane, recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo.

Já aos 42, foi a vez do Bahia perder um jogador. Após confusão entre jogadores no gramado, Régis atingiu o atleta do Flu com as mãos no rosto e recebeu o vermelho direto do árbitro. Mas, nada alterou o placar da partida.

Ficha Técnica

Fluminense 0 x 3 Bahia

Baianão 2017 - Semifinal (Ida)

Local : Joia da Princesa, em Feira de Santana

Data/Horário: 16/04/2017, às 18h30

Cartões amarelos : Rafhael, Deca, Eduardo (FLU); Allione , Hernane (BAH)

Cartões vermelhos : Rafhael (FLU); Régis (BAH)

Gols : Hernane, Renê Júnior, Régis (BAH)

Fluminense : Jair; Edson, Rafhael, Eduardo e Deca (Alessandro Azevedo); Rogério, Jarbas (Guto), Jorge Wagner e Fernando Sobral; Luiz Paulo (Igor Maranhão) e João Neto. Técnico: Arnaldo Lira.

Bahia : Jean; Eduardo, Eder, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior, Juninho (Diego Rosa) e Régis; Allione (Zé Rafael), Edigar Junio e Hernane (Gustavo). Técnico: Guto Ferreira.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Flu de Feira 0 x 3 Bahia

Arbitragem : Emerson Ricardo

Assistentes : José Carlos Oliveira e Jucimar Dias


O jogo começou com o Bahia no ataque


Hernane abre o placar no Joia da Princesa


Renê Jr marca o segundo gol


Régi marca o terceiro gol do Bahia


Flu de Feira perdido em campo


Pouco mais de 4 mil torcedores pagaram ingressos

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

domingo, 9 de abril de 2017

BAIANÃO 2017 / BAHIA 1 x 2 VITÓRIA


Bahia perde primeiro clássico do ano para o Vitória na Arena

Com a grande expectativa do primeiro Ba-Vi da temporada, as torcidas esperaram um grande espetáculo dentro e fora das quatro linhas. Este foi o primeiro de cinco Ba-Vi’s já confirmados para 2017, que ainda poderão se transformar em sete, caso as equipes cheguem à final do Campeonato Baiano.

O JOGO

No primeiro tempo, o jogo começou com bom ritmo, com as duas equipes buscando o ataque, mas durante grande parte do primeiro tempo a "catimba" tomou conta da partida. O Bahia pressionou a saída de bola do Vitória, que foi obrigada a sair no chutão. O Vitória tentou arriscar jogadas de lançamento para a área e se manteve com o sistema defensivo.

Aos 6 minutos, Gabriel Xavier avançou em velocidade, mas é derrubado por um carrinho de Allione. Árbitro marcou a falta, e os jogadores das duas equipes trocam empurrões.

Aos 22, o Bahia chegou com perigo. Eduardo foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para a área. Régis e Hernane se atrapalharam e não conseguiram finalizar na marca do pênalti.

Aos 25 minutos do primeiro tempo, André Lima recebeu a bola na entrada da área e abriu o jogo na ponta esquerda. Geferson fez o cruzamento, e o próprio André Lima apareceu sozinho para finalizar, mas mandou para fora.

Aos 35 minutos, o atacante André Lima foi desarmado, fez falta violenta em Renê Junior no meio de campo e recebeu o primeiro cartão amarelo da partida.

Gol do Vitória! Aos 44, Gabriel Xavier avançou pela esquerda, passou por dois marcadores e cruzou. Juninho tentou desviar e quase marcou contra, mas Armero salvou em cima da linha. No rebote, Patric colocou a bola na área novamente e Cleiton Xavier mandou para o fundo das redes para abrir o placar.

Aos 48, após cobrança de escanteio, Kanu subiu mais alto do que todo mundo e mandou de cabeça para o fundo das redes! Mais um do Vitória no Ba-Vi!

Já no primeiro minuto do segundo tempo, o Bahia começou com um jogador a menos. O zagueiro Tiago recebeu o cartão vermelho. O zagueiro acertou o rosto de André Lima em disputa na intermediária, atacante do Vitória caiu no gramado, e o árbitro aplicou o cartão vermelho.

Com a vantagem do placar, o Vitória gostou do jogo e partiu para o ataque do Bahia, com menos um. Aos 4 minutos, na cobrança da falta, Anderson fez bela defesa em cobrança de Cleiton Xavier. Kanu ficou com o rebote, mas parou no goleiro novamente.

Aos 12 minutos, mesmo com um jogador a menos, o Bahia avançou em busca do gol. Eduardo cruzou para a área, Alan Costa tentou desviar, mas mandou para o fundo das redes! Gol contra. Bahia 2 a 1 Vitória.

Aos 30, o Bahia fez mais uma boa jogada pela direita com Eduardo, que cruzou para a área, mas a zaga mandou para fora.

Aos 32, após bobeira da zaga do Bahia, a bola sobrou livre para Paulinho. Atacante entrou sozinho na área e bateu rasteiro, mas Anderson salvou o Tricolor.

Ficha Técnica / Bahia 1 x 2 Vitória

10ª rodada do Campeonato Baiano

Local : Fonte Nova / Horário: 16h

Escalação do Bahia : Anderson; Eduardo, Tiago, Éder e Armero; Edson, Juninho e Régis; Zé Rafael, Allione e Hernane;

Escalação do Vitória : Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Geferson; Willian Farias, José Welison, Gabriel Xavier e Cleiton Xavier; David e André Lima

Fonte : Galático On Line / Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 1 x 2 Vitória

Arbitragem : Jailson Macêdo Freitas 

Auxiliado por Elicarlos Franco de Oliveira e Carlos Eduardo Bregalda Gussen


Mexeu com UMA mexeu com Todas


Torcida do Leão lotou a Arena


Vitória marca dois gols


Bahia perde o primeiro BaVi do ano


Torcida do Bahia saiu na bronca com Hernane 


Público Total de 33.308 e Renda R$ 1.120.952,50

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

quinta-feira, 6 de abril de 2017

BAIANÃO 2017 / VITÓRIA 6 x 0 FLU de FEIRA


Tragedia ? Leão massacra o Touro do Sertão

O destaque da partida foi o garoto Jhemerson, que encantou os torcedores com duas assistências e um gol.  Pineda e André Lima, com dois gols cada, e Bruno Ramires completaram a goleada.

Com o resultado, o Leão manteve os 100% de aproveitamento no Estadual e chegou aos 27 pontos ganhos, na liderança isolada. Os comandados de Argel Fucks agora concluem a primeira fase da competição com o clássico BAVI, no próximo domingo (9), na Arena Fonte Nova.

O JOGO

O Vitória foi absoluto no primeiro tempo, desde o primeiro minuto criando chances de gol. Logo no início, Paulinho fez  bela jogada e ajeitou para Jhemerson pegar de primeira na área e mandar a bola bem perto do gol.

Dois minutos depois, foi a vez de o atacante assustar. Em tabela com o próprio Jhemerson, Paulinho cortou um zagueiro e chutou no canto para a boa defesa de Jair.

Aos 19 e 22 minutos, o Fluminense teve suas únicas duas chances de marcar. Primeiro João Neto recebeu passe livre na área, mas errou o chute e mandou a bola na rede pelo lado de fora. Em seguida, Jorge Wagner cobrou falta colocada e Caíque fez grande defesa para evitar.

A partir daí, só deu o Rubro-Negro. Aos 27 minutos, Jhemerson fez jogada individual, ganhou dividida com o zagueiro e a bola sobrou para André Lima, livre de marcação. O atacante tentou por cobertura, mas Jair espalmou. Só que, no rebote, Lima não desperdiçou a abriu o placar.

O segundo gol veio aos 33. Euller saiu em contra-ataque serviu Pineda para, na área, tocar por baixo de Jair.

E ainda deu tempo para o terceiro. Aos 44, Pineda fez bela jogada pela direita e lançou Bruno Ramires livre na área. O volante dominou no peito e de esquerda estufou as redes para fazer o terceiro.

No segundo tempo, não demorou a o Vitória fazer o quarto. Aos 11 minutos, Euller cobrou falta na cabeça de Pineda, que só teve o trabalho de desviar para fazer o seu segundo gol na partida. 

Aos 28 minutos, o Leão chegou ao quinto. Jhemerson arrancou pela esquerda e deu bela assistência para André Lima pegar forte, de primeira, e também fazer seu segundo gol no confronto.

E o sexto veio aos 33. Paulinho fez bela jogada, lançou André Lima, que deu um toque por cobertura e acertou o travessão. No rebote, Jhemerson chutou forte e deixou o seu após ter servido os companheiros. 

Vitória 6 x 0 Fluminense de Feira

Baianão 2017 - 11ª rodada

Local : Barradão, em Salvador (BA)

Data/Horário : 05/04/2017, às 20h30

Gols : André Lima-2, Pineda-2, Bruno Ramires, Jhemerson (VIT)

Vitória : Caíque; Leandro Salino (Norberto), Vinícius, Fred e Euller; Bruno Ramires (Renê Santos), Uillian Correia e Jhemerson; Pineda (Cárdenas), André Lima e Paulinho. Técnico: Argel Fucks.

Fluminense de Feira : Jair; Edson Souza, Alyson (Eduardo), Igor Maranhão e Deca; Guto, Fernando Sobral (Alexandre), Ebinho (Daniel Rezende) e Jorge Wagner; Janeudo e Luiz Paulo. Técnico: Arnaldo Lira.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Vitória 6 x 0 Flu de Feira

Árbitro : Bruno Pereira Vasconcelos

Assistentes : Dijalma Silva Ferreira Júnior e Edevan de Oliveira Pereira


Gol do Vitória


André Lima marca um gol


Pineda marca dois gols


Público pequeno no Barradão


Bruno Ramires marca um gol


Torcida do Touro do Sertão 


André Lima marca mais um gol


Flu de Feira sem reação


Acredite e Veja o Placar

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

domingo, 2 de abril de 2017

BAIANÃO 2017 / FLU de FEIRA 1 x 2 BAHIA de FEIRA


Bahia de Feira vence clássico e tira invencibilidade do Flu de Feira

O domingo foi de clássico na cidade de Feira de Santana, mas também de muita confusão dentro e fora de campo. No inicio do jogo, o telão do placar eletrônico informava que o jogo era da “Série D do Brasileirão”. 

Em partida válida pela décima rodada do Campeonato Baiano, o Bahia venceu o Fluminense por 2 a 1, no Joia da Princesa. Com a derrota, o Touro do Sertão perdeu a invencibilidade no estadual. Marclei e Wesley Popó marcaram para o Bahia de Feira, enquanto Ebinho descontou para o Flu. 

Jogando na tarde de hoje, no Estádio Joia da Princesa, o Fluminense de Feira encerrou um ciclo de cinco meses sem perder partidas oficiais. O Touro do Sertão foi derrotado por 2 x 1 pelo Bahia de Feira, em jogo válido pela penúltima rodada da fase classificatória do Campeonato Baiano 2017, mas ainda permanece na vice-liderança da competição com 20 pontos. 

Sem o técnico Arnaldo Lira na área técnica, cumprindo suspensão, mesmo assim, o treinador mandou a campo um time que contava com a estreia do zagueiro Breno entre os 11 titulares. Jorge Wagner e Rogério, cumprindo suspensão automática, desfalcaram o time. Em campo o primeiro não reservou muitas emoções aos pouco mais de 4,2 mil torcedores no Joia da Princesa. O Bahia de Feira começou bem, com Marclei acertando o travessão, em chute forte da entrada na área, logo no início do jogo. O atacante voltaria a assustar a zaga do Flu de Feira, aos 25 minutos, mas Jair defendeu bem a finalização do adversário. Já o Touro tentou com Deca, aos 27, após trocar passes com João Neto, o lateral esquerdo cortou a defesa, mas o chute não saiu forte e André defendeu bem. Com o jogo bastante pegado, sobrou disposição para as duas equipes e o árbitro Jaílson Macedo Freitas foi obrigado a parar a partida duas vezes para atendimento médico.

Já na volta para o segundo tempo, o treinador Quintino Barbosa mudou o setor criativo do Bahia de Feira: Eudair entrou na vaga de Maicon e o atacante Wesley, na vaga de Marquinhos. No Flu de Feira, Jarbas entrou na vaga de Luiz Paulo. Com mentalidades diferentes em relação aos 45 minutos iniciais, os dois times buscaram o jogo no segundo tempo. O resultado das mudanças após o intervalo surgiu mais rápido para a equipe do Bahia de Feira. Dentro da área, Eudair foi derrubado por Rafael, que recebeu segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Na cobrança do pênalti, Marclei converteu e fez o sexto gol do atacante do Baianão: 1 a 0 Bahia de Feira.

O Flu de Feira após a expulsão tentou se organizar na defesa. Deca foi posicionado no setor central da zaga e Alessandro Azevedo cobriu a lateral esquerda. Mas logo Azevedo saiu para a entrada de Ebinho e Fernando Sobral foi substituído por Daniel Resende. Com isso, Edson migrou para a lateral esquerda e Jarbas foi recuado para a direita. Com as modificações, o time do Fluminense de Feira se organizou em campo conseguindo criar jogadas perigosas, aproveitando a velocidade de Ebinho. O número 20 perdeu uma chance logo de cara, quando aos 27 minutos, em jogada de João Neto pela esquerda, sem goleiro, Ebinho não conseguiu domínio correto para converter em gol. Aos 35, em falta perigosa, Daniel Resende chutou sobre o travessão. O bom momento do Flu de Feira no segundo tempo foi premiado com com gol de empate. Após bate-rebate, Ebinho recebeu na grande área, pelo setor direito, e fuzilou, sem chance para André. Flu de Feira 1 x 1 Bahia de Feira, aos 38 do segundo tempo.

O Touro do Sertão ainda teve a oportunidade de virar a partida, com Janeudo, mas o 11 perdeu a oportunidade, aos 45 minutos. Azar para o Flu, que após acréscimos de quatro minutos, viu em um contra-ataque fatal, pelo setor direito da defesa, Birungueta bagunçar a zaga e deixar para Eudair finalizar com perfeição, sem chance para Jair, aos 49. Bahia de Feira 2 x 1 Flu de Feira. Na comemoração, o autor do gol tirou a camisa e foi advertido com cartão amarelo. Foi a primeira vez no campeonato que o Fluminense sofreu mais de um gol na partida. O destaque negativo ficou para a confusão generalizada entre integrantes de comissão técnica de ambos os times, após o apito final. Os ânimos foram contidos por alguns jogadores e após a chegada do reforço policial.

Com o resultado, o Fluminense de Feira, com 20 pontos, que poderia se isolar na 2ª posição, mas pode cair uma degrau na próxima rodada, em caso de novo revés contra o Vitória, na quarta-feira (5) em Salvador, já que o Bahia, com 18 pontos, enfrenta o Atlântico. Este será último jogo do Flu na primeira fase. Com 13 pontos, com um ponto a menos que Jacuipense e Vitória da Conquista, o Bahia de Feira joga tudo ou nada e não depende só de si, na próxima rodada, na quarta-feira (5), contra a Juazeirense, já sem pretensões na competição, no Joia da Princesa. 

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE DE FEIRA 1 X 2 BAHIA DE FEIRA

Local: Estádio Alberto Oliveira (Joia da Princesa), Feira de Santana, BA

Horário: 16 horas

Público : 4.244 / Renda : R$ 50.470,00

Cartão amarelo : Rafael e Ebinho (FLU) e David, Railon, Janderson, Marclei, Marquinhos  e Eudair (BFE).

Cartão vermelho : Rafael (FLU)

Gols : Marclei (BFE, aos 6 minutos do 2º tempo) e Eudair (BFE, aos 49 minutos do 2º tempo), Ebinho (FLU, aos 38 minutos do 2º tempo).

Fluminense de Feira : Jair; Edson, Rafael, Breno, Deca; Guto, Alessandro Azevedo (Ebinho), João Neto, Fernando Sobral (Daniel Resende); Luiz Paulo (Jarbas), Janeudo. Técnico: Vaval (substituto).

Bahia de Feira : André; Railon, Menezes, David, Cal; Fausto, Janderson (Alex Galo), Maicon (Eudair), Birungueta; Marclei, Marquinhos (Wesley). Técnico: Quintino Barbosa.

Cristiano Alves - Ascom Fluminense de Feira

No final da partida mais confusão, desta vez envolvendo a comissão técnica dos dois clubes. Houve troca de agressões e o clima ficou bastante quente. 

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, para a disputa da última rodada da fase de classificação. O Bahia de Feira recebe o Juazeirense, no Joia da Princesa, enquanto o Fluminense visita o Vitória, no mesmo horário, no Barradão.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Flu de Feira 1 x 2 Bahia de Feira 

Arbitragem : Jailson Macêdo Freitas

Assistentes : Jucimar Dias e Alessandro Mattos


Um minuto de silêncio em homenagem ao ex-jogador ESQUERDINHA do Flu de Feira


Falha ? Placar eletrônico informava erradamente, confiram !


Chuva e TV aberta acabou tirando público do jogo


Marclei abre o placar com gol de pênalti


As Meninas do Touro do Sertão


Ebinho faz o gol de empate do Touro do Sertão


No apagar das luzes, Eudair faz o gol da vitória do Tremendão


Confusão no final do jogo entre comissão técnica dos clubes

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte