segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

BAIANÃO 2018 / BAHIA DE FEIRA 1 X 0 BAHIA


Estréia ! Bahia de Feira vence o Bahia e larga bem no Baianão 2018

Ainda não foi dessa vez que o torcedor do Bahia soltou o grito de gol na temporada 2018. Neste domingo (21), o Bahia estreou no Baianão 2018 com derrota para o xará do interior. Buscando iniciar o Campeonato Baiano com o pé direito, o Tricolor baiano foi até o estádio Joia da Princesa para enfrentar o Bahia de Feira e foi derrotado por 1 a 0.

O Esquadrão já atuou oficialmente neste ano e terminou perdendo por 1 a 0 para o Botafogo-PB, em plena Arena Fonte Nova, deixando uma má primeira impressão para alguns torcedores, que inclusive, vaiaram os jogadores ao término da partida. Já o Bahia de Feira, realizou sua primeira partida oficial no ano.

O JOGO

O início de jogo foi bem truncado para os dois lados. Ambas as equipes encontraram dificuldades para criar situações de gol.

A primeira jogada perigosa saiu aos 21 minutos de jogo, Jarbas cruzou para Robert, que subiu entre Tiago e Edson e cabeceou com perigo. Douglas pulou bonito e fez grande defesa.

Mitos depois o Bahia teve um gol anulado. Após cobrança de escanteio, Edson completou para o gol e marcou, porém, o arbitro viu falta do volante.

Ainda no primeiro tempo, o arqueiro do Bahia voltou a brilhar. Candinho dominou na entrada da área e chutou forte no gol. Douglas espalmou para o meio, e a zaga do Bahia afastou. Minutos depois, o goleiro fez outra grande defesa no chute de Robert.

Aos 39 minutos da primeira etapa, o 0 a 0 saiu do placar. Menezes cobrou bem o pênalti sofrido por Bruninho e marcou o gol primeiro da partida.

Segundo tempo

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Régis fez bela jogada individual, invade a área e mandou uma bomba. A pelota explodiu no travessão de Jair.

Cazumba tabelou no lado esquerdo e cruzou na medida para Robert pegar de primeira. A bola passou com muito perigo perto da trave direita do goleiro Douglas.

Após boa jogada entre Élber e Júnior Brumado, o Bahia quase chegou ao empate, mas o chute foi em cima da zaga do adversário.

Pressão do Bahia! Zé Rafael finaliza de fora da área, e Jair cai para fazer boa defesa. Minutos depois, Jair foi traído pelo sol, mas conseguiu afastar para escanteio.

Em busca do empate, Zé Rafael cobrou falta direto no gol, e Jair caiu para fazer a defesa. Na sequência do lance, Élber cobrou escanteio na cabeça de Junior Brumado, o atacante recebeu livre de marcação, mas cabeceou para fora.  

FICHA TÉCNICA:

Bahia de Feira x Bahia - 1ª Rodada do Campeonato Baiano

Data/Horário: 21 de janeiro de 2018, às 16h

Local: Estádio Municipal Alberto Oliveira (Joia da Princesa)

Cartão amarelo: Bahia: Everson, Régis

Bahia de Feira: Robert, Fausto, Jarbas

Gol: Menezes (Bahia de Feira)

Bahia de Feira : Jair; Edvan, Paulo Paraíba, Menezes e Alex Cazumba; Fausto (Daniel Rezende), Gil Baiano, Jarbas, Bruninho (Deon) e Candinho (Misso); Robert.Técnico: Quintino Barbosa.

Bahia : Douglas; Léo Pelé, Everson, Tiago e João Pedro; Edson (Vinícius), Elton e Régis (Mena); Zé Rafael, Élber e Hernane (Júnior Brumado). Técnico: Guto Ferreira

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia de Feira 1 x 0 Bahia

Árbitro : Gleidson Santos Oliveira

Auxiliares : Elicarlos Santos de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias


Jogo morno, temperatura super quente


Bahia buscando o jogo


Menezes marca gol de pênalti


Jair fechando o gol


Guto Ferreira agora com duas derrotas


Torcida em massa no joia com quase 4 mil pagantes


Élber destaque do Bahia premiado pela LOVELY COURUM


Menezes premiado pela LOVELY COURUM pelo gol da vitória

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

BRASILEIRÃO 2017 A / VITÓRIA 1 X 2 FLAMENGO


Vitória perde para o Flamengo, mas permanece na elite de 2018

Com atuação de um time que não quer ser rebaixado, o Vitória correu todo o primeiro tempo. Com o apoio dos mais de 30 mil torcedores, o Rubro-negro baiano pressionou o Flamengo desde os primeiros minutos de jogo. Mesmo tomando iniciativa do jogo, o Vitória não conseguiu segurar o Flamengo e tomou a virada no último minuto.

Com o resultado, o Flamengo está classificado para a fase de grupos da Libertadores. O Vitória, com o gol da Chapecoense, se salva e fica na Série A.

O JOGO

Logo aos 5 minutos de jogo, Zé Welison recebeu na entrada da área e soltou uma bomba, a bola viajou, por cima da meta de César. 

Após a pressão inicial, o Flamengo começou a encontrar espaços pelo lado esquerdo da defesa, nas costas de Talysson. Na melhor chance do time carioca no primeiro tempo, Trauco recebeu na esquerda e cruzou rasteiro. Vizeu apareceu livre no primeiro pau, mas desviou direto pra fora. 

Com 20 minutos de jogo, o garoto César fez sua primeira grande defesa no jogo. Danilinho deixou para Kieza, que faz a parede e deu de primeira para Patric. Na pequena área o lateral bateu, mas César salvou o Flamengo. 

Aos 32, Vizeu perdeu outra boa chance. Éverton Ribeiro recebeu no meio e deu um lindo passe para o atacante. O garoto dominou na esquerda, invadiu a área e bateu de canhota. A bola passou perto da trave de Fernando Miguel!

Pouco tempo depois, o Vitória chegou ao seu gol. Carlos Eduardo recebeu na área e, com muita liberdade, escolheu o canto esquerdo de César, que se esticou, mas não evitou o primeiro gol do Vitória! 

Logo no início do segundo tempo, Diego dominou na intermediária e soltou a bomba. A bola vai à esquerda do gol defendido por Fernando Miguel. 

Após entrada de Vinícius Júnior, o Flamengo cresceu no jogo. Aos 29 do segundo tempo, Vinícius Jr. chamou Caíque Sá para dançar, deu belo drible e tocou para o meio. Arão dominou e serviu Rafael Vaz, que bateu de canhota, sem chances para o arqueiro do Leão.

O Vitória não se abateu com o gol. Após jogada aérea, a bola sobrou para Kanu, que emenda de primeira, mas isolou, livre de marcação. 

Aos 45, André Lima ganhou no corpo e solta a bomba. César faz grande defesa outra de defesa. 

No último minuto de jogo, Diego cobrou a falta, Uillian Correia, levantou a mão e cometeu o pênalti! Diego vai foi para bola, soltou a bomba e balançou a rede, virando o jogo no Barradão.

Ficha Técnica

Vitória 1 x 2 Flamengo 

Brasileirão Série A - 38ª rodada

Local: Manoel Barradas, em Salvador (BA)

Data/Horário: 03/12/2017, às 16h (de Salvador)

Cartões amarelos : Vitória: André Lima, Caíque Sá, Uillian Correia. Flamengo: Lincon, Diego Ribas 

Cartões vermelhos : Caíque Sá, Carlos Eduardo

Gols : Carlos Eduardo e Rafael Vaz

Vitória : Fernando Miguel; Patric, Kanu, Ramón e Tallyson; Uillian Correia, José Welisson, Yago (Neílton); Carlos Eduardo (André Lima) Danilinho; Kieza (Caíque Sá). Técnico: Vagner Mancini.

Flamengo : Tiago; Pará, Léo Duarte, Rafael Vaz, Trauco; Cuellar (Geuvânio), William Arão, Éverton Ribeiro  e Diego; Lucas Paquetá (Vinícios Júnio) e Filipe Vizeu (Lincon). Técnico: Reinaldo Rueda

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Vitória 1 x 2 Flamengo

Arbitragem : Dewson Fernando Freitas (FIFA/PA)

 Assistido por Hélio Araújo Neves e José Ricardo Guimarães. 

Assistentes adicionais : Andrey da Silva E. Silva e Djonatan Costa de Araújo, todos do Pará. 


Torcida acredita


Carlos Eduardo abre o placar


Flamengo empata o jogo


Um jogo, uma decisão


Flamengo de pênalti vira o jogo


Mesmo com a derrota a torcida comemora permanência na série A

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

BRASILEIRÃO 2017 A / BAHIA 0 X 1 CHAPECOENSE


Bahia perde para a Chape e Libertadores fica distante

O Bahia tinha tudo para se aproximar ainda mais da vaga na Libertadores, mas acabou mais distante do sonho. Diante de mais de 37 mil torcedores, na Arena Fonte Nova, o Tricolor foi surpreendido e derrotado pela Chapecoense, por 1 a 0.

Wellington Paulista, ainda no primeiro tempo marcou o único gol da partida.

Com o resultado, o Esquadrão ficou com seus 49 pontos e caiu para a 11ª colocação. O time baiano ficou a quatro pontos do G-7 e se complicou na disputa pela vaga na competição continental.

Para chegar à pré-Libertadores, o time baiano terá que vencer o São Paulo na última rodada e torcer por uma combinação de resultados, que inclusive envolvem as conquistas dos títulos da própria Libertadores e da Copa Sul-Americana por Grêmio e Flamengo, respectivamente.

O JOGO

A Chapecoense começou bem a partida e quase marcou logo aos três minutos. Wellington Paulista invadiu a área, chutou de bico e Jean fez grande defesa.

Aos 18, o goleiro tricolor salvou mais uma vez. Apodi arriscou chute de longe e Jean se esticou para espalmar.

Mas, o arqueiro do Esquadrão não conseguiu evitar o gol aos 44 minutos. Canteros recebeu bola na área, cruzou rasteiro e Wellington Paulista desviou para fazer o primeiro.

Na volta para o segundo tempo, o Tricolor teve a chance de empatar logo aos sete minutos. Douglas Grolli tocou com a mão na bola na área e o árbitro marcou pênalti. Mas, na cobrança, Edigar Junio acertou a trave.

O Tricolor seguiu lutando pelo empate, mas viu a situação se complicar aos 39 minutos, quando Zé Rafael fez falta dura. O meia recebeu o segundo cartão amarelo, foi expulso de campo e o Bahia se despediu da sua torcida em 2017 com derrota.

Ficha Técnica

Bahia 0 x 1 Chapecoense

Brasileirão Série A - 37ª rodada

Local : Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário: 26/11/2017, às 18h (de Salvador)

Cartões amarelos : Amaral, Douglas Grolli, Reinaldo (CHA); Mendoza, Zé Rafael, Feijão, Eduardo (BAH)

Cartões vermelhos : Zé Rafael (BAH)

Gols : Wellington Paulista (CHA)

Bahia : Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Junior (Hernane), Allione (Régis), Vinicius (Edson) e Zé Rafael; Mendoza e Edigar Junio. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Chapecoense : Jandrei; Apodi, Douglas, Douglas Grolli e Reinaldo; Amaral, Canteros, Elicarlos (Fabrício Bruno), João Pedro (Nadson) e Luiz Antônio (Moisés); Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 0 x 1 Chapecoense

Arbitragem : Pericles Bassols Pegado Cortez (CBF-PE),

Auxiliado por Cleberson do Nascimento Leite (CBF-PE) e Marcelino Castro de Nazare (CBF-PE)


Homenagem dos jogadores aos mortos na tragédia da Fonte e da Chape


Gol da Chape com Welligton Paulista


Bahia na pressão


Edigar Junio perde um pênalti


Apodi e Alione


Um faixa em homenagem aos mortos da Chape

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

BRASILEIRÃO A 2017 / VITÓRIA 3 X 1 PALMEIRAS


Ufa ! Vitória atropela o Palmeiras e encerra jejum no Barradão

Não foi o atropelo prometido pelo presidente Agenor Gordilho, mas foi um triunfo com autoridade. Com bela atuação, o Vitória venceu o Palmeiras por 3 a 1, na noite desta quarta-feira (8), no Barradão.

Com dois gols de Yago e um de Tréllez, o Rubro-Negro deu fim ao jejum de três meses sem triunfos no seu estádio. Além de voltar a comemorar uma vitória em casa, o Leão encheu seus torcedores de esperança para a reta final da Série A.

Com 38 pontos, o time baiano saiu da zona de rebaixamento e subiu para a 16ª colocação, com dois pontos a mais que o Sport, primeiro do Z-4, com 36. Os comandados de Vagner Mancini agora terão mais uma difícil missão longe de Salvador, diante do Grêmio, no próximo domingo (12).

O JOGO

O Vitória começou bem a partida e abriu o placar logo aos cinco minutos. David fez grande jogada pelo meio e abriu com Patric, que cruzou na área. Tréllez deu uma ajeitadinha e Yago tocou no canto sem chances para Fernando Prass.

Já aos 14 minutos, o Rubro-Negro aumentou o placar. Após falha da zaga do Palmeiras, Tréllez avançou da intermediária, invadiu a grande área e tocou por baixo das pernas de Prass para fazer o segundo.

Mas, cinco minutos depois, o time paulista diminuiu. Kenu cruzou bola da esquerda, a defesa do Vitória cometeu a falha de sempre e o baixinho Dudu, na pequena área desviou de cabeça nas redes.

Um minuto depois, o Verdão quase empatou. Keno fez outra boa jogada e rolou para Erik chutar cruzado. Fernando Miguel salvou com a ponta dos dedos. 

Porém, aos 39, o Leão marcou o terceiro. Zé Welison fez belo lançamento para David, que rolou para Fillipe Soutto chutar na entrada da área e acertar o zagueiro. No rebote, Yago dominou e fuzilou o canto direito de Prass para fazer seu segundo gol no jogo.

O Vitória voltou bem para o segundo tempo e quase aumentou o placar aos três minutos. Após cobrança de falta da direita, Tréllez desviou de cabeça e Fernando Prass fez grande defesa para evitar.

Porém, aos 17 minutos, o Vitória perdeu um jogador. Uillian Correia fez falta na entrada da área recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

Mas, a expulsão não abalou o time baiano, que seguiu com a bela atuação que lhe trouxe de volta o triunfo em casa aos gritos da torcida de "o Barradão voltou"!

Ficha Técnica

Vitória 3 x 1 Palmeiras

Brasileirão Série A - 33ª rodada

Local : Barradão, em Salvador (BA)

Data/Horário : 08/11/2017, às 20h45 (de Salvador)

Cartões amarelos : Uillian Correia, Yago, Zé Welison, Renê Santos (VIT); Mayke (PAL)

Cartões vermelhos : Uillian Correia (VIT)

Gols : Yago-2, Tréllez (VIT)

Vitória : Fernando Miguel; Patric, Kanu, Wallace e Geferson, José Welison (Carlos Eduardo), Fillipe Soutto (Ramon), Uillian Correia e Yago (Renê Santos); David e Santiago Tréllez. Técnico: Vagner Mancini.

Palmeiras : Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Bruno Henrique (Fernando), Tchê Tchê e Moisés; Keno (Guerra), Dudu e Erik (Roger Guedes). Técnico: Alberto Valentim.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Vitória 3 x 1 Palmeiras

Árbitro : Dewson Fernando Freitas (PA/FIFA) 

Assistentes : Hélcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)

 Assistentes adicionais : Andrey da Silva E Silva (PA) e Djonaltan Costa de Araújo (PA)


O Colombiano Tréllez abriu o placar


Yago marcou duas vezes


Torcida do Palmeiras lotou o Barradão


Palmeiras marca um gol 


Torcida grita : O Barradão voltou !


Mancini valoriza a entrega dos atletas

Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

domingo, 5 de novembro de 2017

BRASILEIRÃO A 2017 / BAHIA 2 X 0 PONTE PRETA


Bahia vence a Ponte Preta e sobe na tabela

Os mais de 20 mil torcedores que compareceram à Arena Fonte Nova, neste domingo (5), fizeram a festa com o Bahia. O Tricolor venceu a Ponte Preta por 2 a 0 e ficou cada vez mais perto de eliminar as chances de rebaixamento para a Série B.

Mendoza e Edigar Junio marcaram os gols do triunfo importante. Com o resultado, o Esquadrão foi aos 42 pontos ganhos e subiu para a décima colocação da Série A.

O time baiano pode confirmar sua permanência na elite do Brasileirão na próxima quarta-feira (8), quando enfrenta o Avaí fora de casa.

O JOGO

O Bahia abriu o placar aos 26 minutos. Allione fez bom passe para Mendoza, que tocou na saída de Aranha para abrir o placar.

Aos 45, a Ponte Preta quase empatou. Nino Paraíba avançou pela direita e cruzou na área. Claudinho tentou completar, mas mandou longe do gol.

No último minuto da partida, o Esquadrão ainda marcou o segundo. Após boa troca de passes , Mendoza ajeitou de cabeça para Edigar Junio chutar forte e balançar as redes.

Ficha Técnica

Bahia 2 x 0 Ponte Preta

Brasileirão Série A – 32ª rodada

Local : Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário: 05/11/2017, às 17h (Horário da Bahia)

Cartões amarelos : Yago (PON); Edigar Junior (BAH)

Gols : Mendoza e Edigar Junio (BAH)

Bahia : Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca (Thiago Martins) e Juninho Capixaba; Renê Júnior, Vinícius (Juninho) e Allione (Régis); Zé Rafael, Mendoza e Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

Ponte Preta : Aranha; Nino Paraíba, Yago, Rodrigo e Jeferson; Fernando Bob; Claudinho, Elton, Jádson (Léo Artur) e Maranhão (John Kleber) (Emerson); Lucca. Técnico: Eduardo Baptista.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 2 x 0 Ponte Preta

Árbitro : Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ).

Assistentes : Rodrigo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (ambos do RJ)

Assistentes adicionais : Rodrigo Nunes de Sá e Pathrice Wallace Corrêa Maia (ambos do RJ)


Mendoza abre o placar


Perigo contra o Tricolor


Jogo com muitas faltas


Torcida na alegria


Edgar Junio fecha o placar


Torcedor invade o campo

Foto por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

BRASILEIRÃO SÉRIE A 2017 / BAHIA 2 X 1 VITÓRIA


Bahia vence o Vitória e se afasta do Z-4

Em mais um BAVI marcado pela tensão e confusões entre jogadores, o Bahia levou a melhor e venceu o Vitória por 2 a 1, neste domingo (22), na Arena Fonte Nova. Mendoza e Edigar Junio marcaram os gols do Tricolor. Wallace descontou.

Com o resultado, o Esquadrão subiu na tabela e se distanciou da zona de rebaixamento. O time do Fazendão foi aos 38 pontos e assumiu a 11ª colocação.

Já o Rubro-Negro voltou a viver momentos turbulentos no campeonato. Com seus 33 pontos, na 16ª colocação, o Leão pode voltar ao Z-4 em caso de triunfo da Ponte Preta ou Avaí.

O JOGO

Bahia e Vitória fizeram um primeiro tempo de pouca emoção e remotas chances claras de gol.

A primeira boa oportunidade só veio aos 34 minutos. Em contra-ataque, David avançou pela esquerda, invadiu a área e chutou na rede pelo lado de fora.

A resposta do Bahia foi aos 41 minutos. Mendoza recebeu bola na esquerda, entrou na área e chutou forte. Caíque espalmou para evitar.

Mas, no segundo tempo, a rede foi balançada logo no primeiro minuto. Wallace falhou ao tentar cortar na área e ajeitou para Mendoza tocar no canto de Caíque.

O Rubro-Negro respondeu aos 15. Depois de roubar bola, David chutou de fora da área e acertou a trave.

Aos 25, o Leão assustou mais uma vez. Tréllez recebeu na área, tocou na saída de Jean e a bola passou muito perto da trave.

Aos 29 minutos, O Tricolor quase marcou o segundo. Eduardo arriscou chute, a bola desviou em Wallace e Caíque fez bela defesa para evitar.

Mas, aos 37 minutos, o Vitória conseguiu marcar. Após cobrança de escanteio, a zaga do Bahia falhou na área e Wallace mandou na rede para se redimir e empatar.

Aos 42, o Bahia assustou. Régis achou Edigar Junio na área, o atacante tentou o chute cruzado e Caíque se esticou para espalmar e salvar.

Mas, na cobrança do escanteio, o Tricolor marcou. Após cobrança de escanteio, a bola foi desviada na área e sobrou para Edigar Junio, sem marcação fazer o segundo e garantir o triunfo.

Ficha Técnica

Bahia x Vitória

Brasileirão Série A – 30ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Horário: 21/10/2017 (Horário da Bahia)

Cartões amarelos : Ramon, Neilton, Fred (VIT); Mendoza, Edigar Junio (BAH)

Gols : Mendoza, Edigar Junio (BAH); Wallace (VIT)

Bahia : Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Edson, Renê Júnior, Allione (Thiago Martins) e Zé Rafael (Matheus Sales); Mendoza (Régis) e Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

Vitória : Caíque; Caíque Sá, Wallace Fred e Juninho; Ramon, Uillian Correia (André Lima), Yago (Danilinho) e David; Neilton (Cleiton Xavier) e Santiago Tréllez. Técnico: Vagner Mancini.

Fotos por Marcelo Oliveira


Trio de Arbitragem : Bahia 2 x 1 Vitória

Árbitro : Marcelo de Lima Henrique (RJ)

 Assistentes : Michael Correia e Silbert Faria Sisquim.

 Assistentes adicionais : Leonardo Garcia Cavaleiro e Carlos Eduardo Nunes Braga


Torcida única na Arena Fonte Nova


Mendoza abre o placar


gol de Wallace para o rubro-negro e cala a torcida


Edigar Junio marca o gol da vitória tricolor


Um fato lamentável ! O jogador do Vitória, Trélles chama de macaco o jogador Renê Júnior do Bahia


Por Marcelo Oliveira / VídeoPlay Esporte